Aprenda sobre a Estátua da liberdade

A estátua da liberdade é uma escultura colossal que fica na Ilha da Liberdade em Nova York, nos Estados Unidos. Essa estátua foi um presente da França para comemorar a independência dos Estados Unidos e mede cerca de 93 metros de altura.

Neste artigo você vai conhecer tudo sobre este monumento. Quando ele foi criado, qual o nome oficial, qual o significado da estátua e ainda quantas existem espalhadas pelo mundo.

O que é a estátua da liberdade?

A estátua da liberdade é um monumento de tamanho colossal que fica na Ilha da Liberdade, no porto da cidade de Nova York. A estátua foi criada baseada no colosso de Rodes. Uma escultura de mais de 90 metros de altura que teria sido erguida no ano de 280 a.C. no porto da cidade Rodes.

Essa escultura foi considerada uma das maravilhas do mundo antigo. Sendo inteiramente feita de bronze e representando o deus grego do sol. A estátua da liberdade é representada como uma mulher, que seria a deusa romana da justiça. Na mão direita ela ergue uma tocha e na esquerda segura uma pedra da lei.  

O monumento foi criado pelo escultor francês Frédéric Auguste Bartholdi, que começou a construí-la em 1875. A estátua, que mede mais de 92 metros de altura, sendo 46 apenas na base, é feita em bronze e ferro.

Imagem panorâmica da Estátua da Liberdade

O monumento fica situado na cidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos (Foto: depositphotos)

No início ela possuía uma cor marrom avermelhada, devido ao cobre que reveste toda a sua superfície. No entanto com o passar dos tempos o material foi se desgastando até chegar na cor verde azulada atual.

O peso da estátua com a base é de cerca de 225 toneladas. Sendo considerada a estátua mais pesada do mundo. Foi entregue como um presente aos Estados Unidos em comemoração dos 100 anos de independência do país.

Uma curiosidade é que a estátua foi construída na França e teve suas partes expostas em diversas cidades da Europa e dos Estados Unidos. A ideia de Bartholdi era criar um farol, que serviria para representar a liberdade que ilumina o mundo.

Veja tambémSonhar com monumento

Quando foi construída?

A estátua da liberdade começou a ser construída em 1875, após o governo francês arrecadar fundos suficientes para a construção. No entanto, houve diversos atrasos devidos a algumas tensões políticas internas da época.

No início da construção o local onde a estátua seria instalada já estava definido, já que no mesmo ano Bartholdi tinha viajado até Nova York. Uma curiosidade é que a tocha e a cabeça da estátuas foram as primeiras partes a serem construídas. Por isso foram levadas a diversas exposições para atraírem contribuidores.

A construção do monumento acabou em julho de 1884, quando ela foi separada em 350 partes e colocada em um navio. O navio chegou aos Estados Unidos um ano depois. No entanto, a construção do pedestal estava atrasada, então a estátua só começou a ser montada em junho de 1886.

Em 28 de outubro de 1886 a estátua foi finalmente inaugurada, após passar por inúmeros atrasos. O último deles foi a falta de fundos para a construção do pedestal em que ela fica na ilha da Liberdade.

Qual a história por trás do presente?  

A história oficial, de acordo com o site da estátua da liberdade, é a de que a escultura foi um presente do povo francês. O monumento seria um presente pelo centenário da independência do país e em comemoração ao fim da guerra civil e da escravatura.

Para conseguir fundos para a construção do monumento o escultor cobrava para que visitantes pudessem observar partes dele, que foram expostas em Paris. Dessa maneira, foi arrecadado o dinheiro necessário para a estátua que é considerada um patrimônio da humanidade pela Unesco.

Um fato pouco conhecido é que Bertholdi tinha idealizado um farol em forma de mulher. Esse farol deveria ser colocado no Canal de Suez, no Egito. No entanto, o governo do país recusou a construção no local.

Por isso em julho de 1875, Bertholdi viajou até os Estados Unidos para procurar um local apropriado para o momento. O local escolhido por ele foi a ilha Bedloe, como era chamada até 1956 quando foi renomeada para ilha da liberdade.

Por causa de um pedido do presidente dos Estados Unidos na época, o monumento serviu, de 1886 até 1902, como um farol.

Em 1916 o braço da estátua foi fechado após ser danificado por uma bomba e permanece assim até hoje. A tocha original foi substituída por uma banhada a ouro em 1984. Já em 1986, no seu centenário, o monumento passou por uma reforma.

Até hoje o único método de subir a estátua é por escadas. Para visitar a coroa é necessário subir 354 degraus. Já até a tocha, que é fechada para visitação por questões de segurança, são 389 degraus, o equivalente a um prédio de 22 andares.

O que representa?

A estátua da liberdade representa uma mulher, que seria uma deusa romana da justiça, segurando uma tocha e uma tábua da lei. O rosto da estátua foi inspirado na mãe de Bertholdi, já que o governo francês pediu uma imagem digna. A estátua serve para representar a liberdade do povo, enquanto a tocha significa que a liberdade que ilumina o mundo.

A coroa da estátuas mostra 25 janelas, que servem para representar todas as jóias que já foram encontradas naquele país. Já os raios da coroa significam os sete continentes e mares do mundo. Isso se deve ao fato de que, em alguns locais, a América do Sul e do Norte são consideradas continentes diferentes.

Por fim, a tábua da lei representa a justiça. Nela está gravada a data da independência dos Estados Unidos, que foi o motivo principal do presente.

Por que os franceses deram a estátua da liberdade?

A estátua da liberdade foi dada pelos franceses aos Estados Unidos para lembrar o centenário da assinatura da declaração de independência do país. Outro motivo foi o apoio que o país deu para a França após vencer a Inglaterra em uma batalha.

Por causa disso, e pelo apoio dado a França no pós guerra, um investidor francês decidiu investir na ideia de enviar um presente para o país. Para isso ele usou um projeto já existente de Bartholdi, que era criar um farol de tamanho colossal no formato de uma mulher.

Com o tempo ela se tornou um marco daquele país, sendo a primeira vista de muitos imigrantes ao chegarem em terras norte-americanas.

Veja também7 destinos de viagens para casais que gostam de boa comida

Qual a altura do momento?

A altura total do monumento, da base ao topo da tocha é de 92,9 metros. Desse número 46,9 metros são apenas da base estátua. Sendo assim ela mede 46 metros de altura.

Para se ter uma noção das dimensões colossais do momento, apenas o nariz da estátua mede cerca de 1,37 metros. A estátua da liberdade ocupa uma área total de cerca de 49 mil metros quadrados, sendo possível vê-la à distância.

Tocha da Estátua da Liberdade

A Estátua da Liberdade é toda feita em bronze e ferro (Foto: depositphotos)

A senhora liberdade, como também é chamada, pesa cerca de 225 toneladas, com quase 30 deles sendo de cobre. Por causa disso é considerada a estátua mais pesada do mundo de acordo com o livro dos recordes.

O que está escrito na estátua da liberdade?

Uma confusão bastante comum é a respeito do que a estátua da liberdade segura na mão esquerda, já que muitos pensam ser um livro. No entanto, ela segura uma tábua da lei, onde aparece em números romanos a data da declaração de liberdade dos Estados Unidos.

Desse modo, quando se chega até a coroa da estátua é possível ler JULY IV MDCCLXXVI, que significa 4 de julho de 1776. Já na base do monumento é possível ler um poema escrito pela poetisa norte-americana Emma Lazarus. O poema ressalta a liberdade do povo. O poema está escrito em inglês mas a tradução é a seguinte:

O Novo Colosso

Não como o gigante bronzeado de grega fama,
Com pernas abertas e conquistadoras a abarcar a terra
Aqui nos nossos portões banhados pelo mar e dourados pelo sol, se erguerá
Uma mulher poderosa, com uma tocha cuja chama
É o relâmpago aprisionado e seu nome
Mãe dos Exílios. Do farol de sua mão
Brilha um acolhedor abraço universal; Os seus suaves olhos
Comandam o porto unido por pontes que enquadram cidades gêmeas.
“Mantenham antigas terras sua pompa histórica!” grita ela
Com lábios silenciosos “Dai-me os seus fatigados, os seus pobres,
As suas massas encurraladas ansiosas por respirar liberdade
O miserável refugo das suas costas apinhadas.
Mandai-me os sem abrigo, os arremessados pelas tempestades,
Pois eu ergo o meu farol junto ao portal dourado.”

Quantas estátuas da liberdade existem?

Uma curiosidade é que não existe apenas uma estátua da liberdade, e sim três, e uma delas pertence ao Brasil. Hoje existem mais algumas réplicas espalhadas, cinco delas apenas em Paris. No entanto, apenas três foram criadas pelo mesmo escultor da que fica em Nova York.

Contudo, a mais famosa da França foi enviada pelo povo norte-americano como uma forma de agradecer pelo presente dado anos antes. Esta estátua é inteiramente de bronze e possui 22 metros de altura. Ela fica na Île aux Cygnes ou ilha dos cisnes em português, que é uma ilha artificial construída no Rio Sena.

A outra estátua da liberdade, feita pelo escultor original, está no Brasil. Ela é uma versão bem menor e chegou ao Brasil no final do século 19, quando foi instalada no Rio de Janeiro.

Veja também: O que é um logradouro e quais os mais bonitos

Em 1918 ela foi transferida para a cidade de Maceió, no estado de Alagoas, onde pode ser vista na praça Dois Leões. Isso aconteceu devido a uma amizade entre bertholdi e o pintor alagoano Rosalvo Ribeiro.

Qual o nome oficial?

O nome oficial da estátua da liberdade é “A liberdade iluminando o mundo”. Este nome foi dado devido a representação do monumento, que simboliza a liberdade que o povo conquistou após a independência.

Com o passar do tempo o nome foi sendo abreviado até virar o nome pelo qual ela é conhecida mundialmente, estátua da liberdade. Um outro nome comum pelo qual ela é chamada, principalmente na cidade de Nova York é Mrs Liberty, ou senhora liberdade.

Sobre o autor

Jornalista com formação completa no curso de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo (UniFavip-DeVry). Experiência prática de dois anos em produção jornalística para TV e rádio (Mtb-PE: 6770). Atualmente atua na área de redação para web, nas áreas de educação, beleza e saúde alternativa. Além da formação no curso superior, possui experiência em produção de vídeo, diagramação de livros e revistas e marketing.