,

Como tirar visto americano

Para entrar nos Estados Unidos da América é preciso desse documento

Quem nunca sonhou em visitar a Terra do Tio Sam? Os Estados Unidos são o destino perfeito para muitos perfis de viajante. Desde a divertida Flórida até a região cosmopolita de Nova Iorque. Mas antes de sair comprando as passagens, você precisa saber como tirar o visto americano.

Diferentemente da maioria dos países, os brasileiros precisam conseguir o visto antes mesmo de embarcar para os EUA.

O procedimento é bem burocrático e envolve o pagamento de taxa e as visitas a departamentos americanos no Brasil. Veja o passo a passo agora.

Passo a passo para tirar o visto americano

Para tirar o visto americano é preciso pagar um taxa e passar por entrevistas

Um dos passos para conseguir o visto é passando por uma entrevista no consulado americano (Foto: depositphotos)

Passo 1: Formulário DS-160

Esse formulário precisa ser preenchido no seguinte site https://ceac.state.gov/genniv/. O documento é todo em inglês, porém se você arrastar o mouse por cima das frases, a tradução vai aparecer no canto superior.

Inicialmente serão perguntas de cunho cadastral, como nome, endereço, filiação, profissão, etc.

Se você vai a lazer ou trabalho deve preencher opção B1/B2. O formulário é extenso e tratará de vários assuntos, principalmente os de segurança. Não minta, pois ele será a base para a entrevista consular que acontece em outra etapa.

Veja também: Documentos para tirar visto americano

No final, será gerado um número de ID. Guarde-o, pois você vai precisar dele nas próximas etapas. Imprima a página de confirmação do processo.

Passo 2: Taxa

Depois é hora de emitir a guia par o pagamento do seu visto. Atualmente, ele custa 160 dólares.

O endereço é esse: https://ais.usvisa-info.com/pt-br/niv. Você pode pagar até mesmo com o cartão de crédito ou boleto, nesse último caso para que o pagamento seja reconhecido, você tem que esperar a compensação bancária.

Passo 3: Agendar CASV e entrevista

No mesmo site da emissão de taxa: https://ais.usvisa-info.com/pt-br/niv, você deve marcar dois comparecimentos importantes para o processo de emissão de visto: O CASV e o Consulado.

No Brasil, só há quatro cidades com esses dois órgãos: Brasília, Recife, no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Por isso, se você não reside em uma das cidades deve se organizar antecipadamente para as viagens. A dica é marcar tanto o CASV quanto o Consulado para o mesmo dia. Assim, você economiza.

Veja também: 6 destinos fora do país para passar as férias de Julho

Passo 4: CASV

No CASV, o processo é pura burocracia. Não é entrevista, como muita gente pensa. No local, só são recolhidos sua foto e suas digitais.

Nada mais que isso. Por ser considerado um solo americano, você não pode entrar com celular ligado. Leve somente seus documentos e não esqueça de ter tudo impresso, principalmente o formulário DS-160 e o comprovante de pagamento da taxa.

Passo 5: Consulado

A entrevista consular é realizada geralmente de forma bem rápida. O oficial americano vai fazer algumas perguntas básicas sobre a provável data da viagem, quem vai pagar por ela, duração e outras perguntas de cunho pessoal, como profissão, renda, família, etc.

O mais importante é não mentir. Seja sincero e certamente seu visto será concedido. Leve tudo o que for importante para você confirmar vínculo com o Brasil.

Algumas pessoas estão isentas dessa entrevista, são elas: pessoas com menos de 14 anos e mais de 79 anos; diplomatas e funcionários de governos estrangeiros e organizações internacionais nas categorias de visto A-1, A-2, G-1, G-2, G-3, G-4, OTAN-1 a -6, C-2 e C-3; e solicitantes que anteriormente tinham um visto na mesma categoria e que expirou menos de 12 meses antes do novo pedido.

Veja também: Passaporte – como tirar, renovar e documentos necessários

Passo 6: Entrega do passaporte

Quando o seu visto é concedido ou não, você já fica sabendo no final da sua entrevista no consulado, quando o oficial comunica.

Em casos positivos, seu passaporte vai ficar no consulado para receber o visto, e isso pode demorar até 10 dias. Você tem duas opções para pegar: ou vai novamente ao CASV decorrido esse tempo para resgatar ou pede pelos Correios, caso você more longe.

Depois é só preparar as malas e aproveitar o que a “América” tem de melhor!

Sobre o autor

Jornalista formada pela Universidade Federal da Paraíba com especialização em Comunicação Empresarial. Passagens pelas redações da BandNews e BandSports, TV Jornal e assessoria de imprensa de órgãos públicos.