O que fazer em caso de bagagem extraviada

Veja dicas para prevenir ao máximo esse tipo de incidente e, quando for inevitável, ao menos amenizar os prejuízos

Não receber a sua bagagem no destino final de um embarque aéreo não é nada agradável. Esse contratempo pode lhe render uma boa dor de cabeça em qualquer tipo de viagem, seja ela de férias, a negócios, sozinho (a) ou em família.

De acordo com a Associação Internacional de Transporte Aéreo, a IATA, em 2016, mais de 21 milhões de bagagens foram extraviadas ou entregues fora do prazo no mundo inteiro. É uma grande quantidade.

Pensando nisso, a Zurich, companhia global de seguros, preparou algumas dicas para prevenir ao máximo esse tipo de incidente e, quando for inevitável, ao menos amenizar os prejuízos:

Bagagem extraviada, o que fazer?

O que fazer em caso de bagagem extraviada

Foto: depositphotos

1. Você pode declarar o valor da sua bagagem antes de despachá-las. Para isso, você deve procurar o balcão da sua companhia aérea e fazer isso;

2. Nunca deixe na sua mala despachada objetos de valor, como computadores, câmeras e outros equipamentos eletrônicos caros ou medicamentos importantes. Tudo isso deve ser transportado em bagagem de mão, mesmo que você faça uma declaração, como a citada no tópico 1;

3. Quando a companhia aérea colocar a identificação na sua bagagem, confira se o ticket corresponde ao seu voo mesmo. Para evitar que ela seja enviada para outro destino;

4. Não viaje, nem para o Brasil ou fora dele, sem fazer um seguro viagem. Ele poderá cobrir imprevistos de saúde, mas também com bagagens;

5. Procure não ostentar, principalmente manter malas muito caras. Elas podem chamar mais atenção. Portanto, se você não quer abrir mão de uma mala de luxo, prefira embalar a mesma, para que ela não apareça na hora de despache;

6. Não confie nas travas comuns das malas que são vendidas. Providencie um cadeado e também uma etiqueta onde você possa colocar seus dados pessoais, principalmente telefone e endereço;

7. Chegue cedo para fazer o check-in, pois as estatísticas comprovam que quanto mais antecipado você despacha as malas, menos chances de extravia de bagagem;

8. Na sua viagem de volta, lembre-se de trazer os recibos dos produtos mais caros que você tenha adquirido em deslocamento e não esqueça de fotografar o interior da mala com os itens novos. Assim, você pode comprovar por meio de documentos e imagens o que havia dentro das bagagens;

9. Na sua bagagem de mão não podem faltar: itens básicos de higiene, roupa para um dia, remédios, documentos e dinheiro. Isso pode salvar seu dia caso sua bagagem seja extraviada ou tenha sido entregue em um destino desconhecido.