Pânico na TV – fotos dos integrantes


Com grandes índices de audiência, o programa humorístico Pânico na TV veiculado pela emissora paulista Rede TV (antiga TV Manchete), conquistou desde 2003, ano em que teve início o programa, milhares de fãs e telespectadores. Prova disso é uma página de rede social do seu repórter/imitador, Vesgo – interpretado pelo humorista Rodrigo Scarpa. O seu twitter já se aproxima dos 3 milhões de seguidores.

O programa reserva um estilo diferenciado na televisão brasileira. Com quadros de imitação, invasões humorísticas em festas e eventos nacionais, provas de força misturadas com humor e claro, toda a irreverência apresentada por seus artistas. A apresentação do programa fica por conta de Emílio Surita, apresentador e editor do programa. Com participação de personalidades como Sabrina Sato ex-BBB e Marcos Chiesa, (o Bola).

Trajetória

Ao longo de oito anos, o programa é destaque na mídia brasileira e até mundial. O quadro ‘O impostor’ é um exemplo disso. Interpretado pelo artista e humorista Daniel Zukerman, a criação visa invadir sem convite, eventos importantes, tudo para ironizar e levar humor para o telespectador. Em 2010 na Copa do Mundo na África do Sul, o impostor junto ao repórter Vesgo, invadiram transmissões da emissora carioca Rede Globo. Na oportunidade, eles colocaram cartazes com a frase ‘Cala a boca Glavão’, atribuída ao narrador Galvão Bueno da TV Globo. O fato apareceu em imagens televisivas e tornou-se repercussão em todo o mundo. O The New York Times foi um dos veículos de imprensa mundial a divulgar o feito.

Em termos de números de audiência, os registros são de que em 13 de abril de 2009 o programa registrou o maior índice no Ibope em toda sua história. Com média de 11 pontos, valor bem superior em relação à média de pontos da sua emissora, Rede TV. Que marca diariamente das 7h às 0h, média de 1,5 pontos.

Receita do sucesso

O sucesso do Pânico é fruto de um trabalho muito bem pensado e bastante elaborado. O alto do programa está em ironizar e causar humor com as celebridades brasileiras e também com a grande mídia nacional. No roteiro, pegadinhas com artistas famosos e abordagens de artistas de televisão proibidos de falar com outras emissoras são situações indispensáveis no programa.

O quadro da ‘Dança do Siri’, foi outro campeão de risos do Pânico. Onde os repórteres, Rodrigo Scarpa (Vesgo) e Wellington Muniz (Silvio), pegavam de surpresa, várias celebridades de renome nacional e os colocava em frente das câmeras para imitar um siri. Nomes como o de Silvio Santos do SBT; Galvão Bueno, Aline Moraes e Fernanda Lima da Globo, e Gugu Liberato na época ainda do SBT, se rederam ao Pânico e participaram da dancinha. As panicats também sempre fizeram e fazem sucesso no programa. A bela forma das assistentes de palco do programa atraem olhares do público masculino.

Quadros que mais contribuíram para o sucesso do programa:

  • ‘O impostor’
  • A ‘Dança do Siri’
  • ‘Sandálias da humildade’, quadro que premiava artistas famosos considerados arrogantes com as sandálias que simbolizavam tal característica.
  • ‘Big Biba Brasil 10’, uma sátira a edição do reality ‘Big Brother Brasil 10’ da Rede Globo.

Fotos de alguns dos integrantes

Vesgo e Silvio

Sabrina Sato

Pânico na Tv

Emílio Surita

Carioca

Bola