Modelo de carta do leitor


Hoje em dia a internet facilita muito o processo de interação entre as pessoas que estão do outro lado da mídia com os veículos de comunicação. Mas a carta ainda segue como uma das formas de comunicação preferíveis entre muitas pessoas. Confira um modelo de carta do leitor que pode ser seguido:

Modelo Básico de Carta do Leitor

Senhores Diretores e Editores,

Constituiu-se motivo de muita alegria para mim a circulação no final da tarde de segunda-feira, dia 10 de abril de 2006, do jornal “Correio da Tarde”, que na certa vem assinar uma importante página no jornalismo escrito do estado do Rio Grande do Norte. Excelentes reportagens, colunas as mais variadas e um conteúdo dos mais completos, fazem do jornal Correio da Tarde uma leitura obrigatória da maioria dos potiguares, a cada final de tarde. Parabéns e muitos anos de circulação é o que desejo aos que fazem o CORREIO DA TARDE.

José Maria Alves

Advogado e jornalista

Liberdade I – Mossoró RN

*Copie o modelo para um documento de texto, preencha com seus dados e basta imprimir.

Dicas para criar a sua carta do leitor

Modelo de Carta do leitor

Foto: Reprodução

Antes de mais nada é importante que as pessoas que pretendem escrever uma carta para espaços destinados aos leitores saibam que não existem regras explícitas para este tipo de comunicação. Apenas as regras de ortografia acabam se aplicando nas correspondência.

Mas alguns elementos devem estar presente em todas as cartas do leitor. O primeiro deles é a identificação da pessoa. Não é necessário colocar o nome completo, e algumas publicações também aceitam apenas o primeiro nome como forma de não causar qualquer problema para o remetente.

Além disso, convencionou-se na mídia brasileira que todos os leitores que mandam cartas devem se identificar escrevendo a sua profissão ou ocupação, e também citando a cidade e o estado de onde enviou a correspondência.

Além das informações que devem constar em uma publicação deste gênero, é importante observar a forma como esta carta é escrita. Como na grande maioria dos casos a carta do leitor quer expressar uma opinião, um ponto de vista ou o relato de algum acontecimento, é importante que seja escrita na primeira pessoa. É como se o leitor estivesse conversando não apenas com a publicação em si, mas também com os outros leitores.

Outra característica que deve estar presente na carta do leitor é a objetividade dos fatos. É claro que existem pessoas que gostam de argumentar bastante sobre um determinado assunto. O problema é que estas cartas acabam não sendo publicadas e muitos leitores acabam ficando bastante chateados. Mas o motivo é bastante simples: o espaço dedicado ao leitor é pequeno e existem muitas pessoas que também gostariam de ver suas mensagens publicadas. Por isso, quanto mais objetiva for a sua mensagem, mais chances ela terá de ser publicada.

Outra questão fundamental que deve ser observada em relação à carta do leitor é a responsabilidade em relação ao que está sendo escrito. Se a pessoa está querendo divulgar alguma informação, é fundamental que ela tenha bases para sustentar tais afirmações. O mesmo acontece com críticas e acusações. O leitor deve entender que o que está sendo dito é de responsabilidade do próprio leitor, e o alcance do que está sendo dito, dependendo da publicação, pode ser de milhões de pessoas.

Por último, estas mesmas regras e dicas podem servir também para a comunicação via e-mail.