Esquistossomose: o que é, sintomas e tratamentos


O que é?

EsquistossomoseÉ uma infecção causada por parasitas diversos em várias regiões do mundo, sendo que, aqui no Brasil, o responsável pela doença, também chamada “Barriga d’água”, é o Schistossoma mansoni. Este parasita tem no ser humano o hospedeiro definitivo e como hospedeiros intermediários, caramujos e lesmas.

Pessoas contaminadas liberam ovos do parasita em suas fezes e urina e, quando estas chegam às águas doces,como rios, córregos, etc., saem embriões (chamados miracídios) que vão se alojar nos hospedeiros intermediários, lesmas ou caramujos e continuar seu ciclo evolutivo, transformando-se em larvas (cercárias). Estas larvas saem do caramujo (podem sobreviver até quarenta e oito horas) e penetram na pele das pessoas que tem contato com estas águas. Em semanas, o parasita cresce nos vasos sanguíneos da pessoa e produzem ovos, que vão para a bexiga ou intestinos, reiniciando o ciclo, ou se alojam nas veias do intestino e fígado obstruindo-a, sendo esta a causa da maioria dos sintomas da doença que pode ser crônica e levar a morte.

Sintomas:

Barriga D'águaDepois de alguns dias da infecção, a pessoa pode apresentar erupções de pele e coceiras. Em um ou dois meses, tem febre, calafrios, tosse e dor muscular.

Nem sempre os sintomas se apresentam no início da infecção.

Os ovos “viajam” aos órgãos como fígado, vesícula, bexiga, causando complicações a esses órgãos. Após anos de infecção o fígado, intestinos, pulmões e bexiga estarão seriamente comprometidos, ocasionando emagrecimento, fígado e pâncreas aumentados, além de hemorragias e vômitos sanguinolentos e fezes escuras. Em algumas ocasiões os ovos podem se alojar no cérebro ou cordão espinhal causando convulsão, paralisia ou inflamação do cordão espinhal.

Em casos bem avançados é que surge a popular “barriga d’água” (ascite), que é o acúmulo de líquido no abdômen, o que significa a falência hepática.

Quando uma criança é repetidamente contaminada, pode apresentar anemia, subdesenvolvimento e dificuldade de aprendizado.

O diagnóstico é obtido através de exames de urina e fezes ou de exame de sangue para detectar a esquistossomose. O ideal é que a pessoa espere de seis a oito semanas depois da exposição à água contaminada para fazer o exame de sangue, além disso, a informação de que esteve em contato com águas possivelmente contaminadas é muito importante no momento em que procurar um médico.

Tratamento:

Tratamento contra EsquistossomoseO tratamento é feito através de comprimidos, que a pessoa toma em dose única ou por um ou dois dias.

Em casos crônicos da doença, há a necessidade de tratamentos específicos de acordo com o órgão afetado.

Fontes de informações:

http://www.copacabanarunners.net

http://www.abcdasaude.com.br

http://saudeonline-cb.blogspot.com