Conjuntivite: o que é? Causas, sintomas, prevenção e tratamentos


Tratamento

A duração dos incômodos sintomas pode variar, há casos que duram uma semana, outros podem levar duas semanas.  Algumas pessoas não procuram um médico imediatamente, tentam amenizar os sintomas com compressas geladas de soro fisiológico, chá de camomila ou simplesmente água boricada, o que é válido, por serem alternativas consideradas fitoterápicas e não prejudiciais. O ideal, no entanto, seria uma consulta com médico ou preferencialmente, oftalmologista, já que fazer o diagnóstico diferencial entre os tipos da doença não é fácil para os outros médicos, o que acaba ocasionando a prescrição de colírios com antibióticos para conjuntivites virais ou alérgicas, o que é desaconselhável. Existem colírios específicos para cada caso, alguns possuem antiinflamatórios, outros antibióticos e há ainda os anti-alérgicos.

Cuidados a serem tomados para quem ESTÁ COM CONJUNTIVITE

Além de adotar os mesmos cuidados da prevenção, a pessoa que já está infectada, deve:
Conjuntivite

  • Não coçar os olhos, mesmo que incomode muito;
  • Lavar o rosto várias vezes (só com água ou soro fisiológico), isso ajuda a aliviar a ardência;
  • Enquanto os olhos estiverem irritados, não usar lentes de contato e/ou maquiagens;
  • Utilizar toalhas de papel, para não ocorrer contágio;
  • Fazer bastante repouso, evitando claridade e o contato com outras pessoas.

Conjuntivite é uma doença de tratamento simples, mas, se não tratada adequadamente, pode evoluir para cegueira!