Brinquedos para adultos (URBAN TOY ART)


Toy Art

Os Toy Arts, também conhecidos como “brinquedos para adultos”, são brinquedos feitos especialmente para decoração ou colecionismo, direcionados a pessoas com mais de 14 anos. Ele é praticamente uma “tela 3D”, onde o artista expressa seus sentimentos, através de influências da música, moda, cultura, design, religião ou urbanidade.

Apesar do nome, não são propriamente um brinquedo, já que não são feitos em largas escala, sempre sendo lançados em tiragens limitadas, muitas vezes assinada pelo artista, e que após algum tempo, torna-se um item raro de colecionadores, já que nunca são relançados. Alguns possuem características semelhantes a de um brinquedo que foi feito para brincar, como por exemplo, braços articuláveis. Entretanto, essa característica serve apenas para mudar sua posição para exibição.

Existem toy arts dos mais variados temas, como por exemplo: cômicos, violentos, políticos, eróticos, undergound, satíricos, entre muitos outros. Todos eles são feitos com a finalidade de atrair o olhar do consumidor. Um grande exemplo de toy art famoso é o Ronald McDonald’s, da famosa rede de fast food americana.

Do que são feitos?

Os toy arts nacionais geralmente são feitos em plush ou tecidos, por conta da facilidade de acesso e manufatura. Em contrapartida, os importados são em sua maior parte feitos de plástico e vinil, feitos a partir de processos industriais e que custam caro. Além desses, também pode-se encontrar vários modelos em materiais como metal, papel, resina ou até madeira.

Variações

Toy Art DIYQuando os toy arts surgiram, começaram a surgir vários termos para caracterizá-los, são eles:

  • DIY: é uma abreviação para “Do It Yourself”, que em português significa “Faça Você Mesmo”. Como o próprio nome já diz, trata-se de modelos que são vendidos totalmente em branco, para que possam ser personalizados da forma que o consumidor desejar.
  • Séries: trata-se de uma linha de variações de um mesmo modelo de toy art. Tais variações podem englobar cores e texturas.
  • Customs: são os toys que são customizados por artistas e possuem apenas um modelo de cada, sendo a “Alta Costura” dos brinquedos. Na maioria das vezes são leiloados.
  • Blind Box: são pequenas caixas lacradas que possuem um toy dentro. O comprador adquire mesmo sem saber o que há dentro. A vantagem é que você pode encontrar um modelo raro, que pode valer centenas de dólares. Entretanto, existe o risco de você comprar dois ou mais toys idênticos.
  • Open Box: o conceito é o mesmo do anterior, só que nesse caso, a caixa está aberta. Dessa forma, o comprador pode escolher qual toy ele quer levar para casa e completar sua coleção.
  • Ratio: trata-se das chances que você pode encontrar um toy em uma blind box. Por exemplo, um toy que possui ratiod e 2/30, você poderá encontra-lo duas vezes em um lote de 30 caixas. Os mais raros possuem ratio de 1/100 ou 1/200.
  • Chases: são os toys especiais de uma série. Seu ratio é indeterminado e pode ser encontrado a qualquer momento. Pode ser confundido com um ítem raro, mas na maioria das vezes não é. Quando é divulgado que em uma certa linha de toys há um chase, há o incentivo da compra, por conta do desejo de acha-lo.

Atualmente

Hoje em dia, o mercado de toy arts vem crescendo a cada ano, aumentando cada vez mais o número de lojas especializadas no assunto.