Benefícios do leite materno para o bebê


Leite maternoEmbora muito se ouça a respeito do quanto o aleitamento materno é benéfico, ainda existem relutância e mitos que impedem que muitas mães se beneficiem e principalmente, beneficiem seu filho com esse tipo de alimentação.

O leite materno é o único alimento que está pronto, na temperatura ideal e é gratuito!

Algumas mães, talvez por insegurança ou simples falta de informação, acreditam em  mitos como “leite fraco”ou “pouco  leite”; também há aquelas, desesperadas com a mudança do corpo na gravidez e pós parto que acham que quem amamenta engorda!

A mãe que amamenta está se protegendo de um risco maior de desenvolver câncer de mama; enquanto o bebê suga o leite, o útero se contrai, o que significa que diminui de tamanho mais rápido, a perda calórica para quem amamenta é muito significativa, portanto, amamentar ajuda a emagrecer! Além disso, a praticidade de ter o alimento do filho sempre pronto, sem precisar gastar e, mais ainda, a certeza de que está dando o melhor alimento para o desenvolvimento do seu bebê, já deveriam ser motivos suficientes para convencer as mães a se dedicarem à amamentação.

Apesar de não ter mistérios, propriamente, a amamentação não é inata, não acontece instintivamente. Exige certa dedicação, preferencialmente desde a gravidez, quando a futura mamãe deve se informar a respeito, inclusive sobre os cuidados necessários com os mamilos, por exemplo. Para que, na época em que o bebê chegar, tenha uma mãe dedicada, que já sabe como a coisa toda funciona e o que deve fazer em diversas situações, como, por exemplo, se os mamilos racharem, se houver ingurgitamento (seios inchados, com muito leite), etc., evitando assim, entrar em pânico ou desanimar diante da primeira dificuldade e desistir desse ato, que é, antes de tudo, mais um ato de amor puro, um elo entre mãe e filho!

Benefícios do leite materno para o bebê

  • Contém menos teor de sódio e proteínas, o que exige menos esforço dos rins imaturos do bebê;
  • Tem menos fósforo, o que aumenta a absorção de cálcio;
  • Não contém nenhuma impureza;
  • É um alimento tão completo, que pode e deve ser a única fonte de alimentação do bebê nos primeiros seis meses, incluindo água;
  • A criança alimentada apenas com o leite materno, está protegida de diversos vírus e bactérias e não corre o risco de alergia ao leite, ao contrário das que são alimentadas com qualquer outro tipo de leite;
  • O leite materno contém todos os níveis nutricionais necessários para o melhor desenvolvimento cerebral da criança, além de mais de cem tipos de agentes nutricionais que ajudam a combater diarréias e infecções intestinais e respiratórias. Além disso, se por acaso a criança adoecer, sua recuperação é muito mais rápida se estiver apenas sendo amamentada.

Fontes de informações

www.aleitamento.com

www.leitematerno.org