Atividade Slackline: o que é e vídeos


Slackline

Não é brincadeira quando ouvimos falar que estar em forma ficou mais fácil e divertido.

Antes, a corda bamba era exclusivamente acessório circense, porém, com adaptações, transformou-se em um exercício físico de ótima qualidade respeitado por muita gente. O slackline surgiu na Califórnia em 1970 e veio para o Brasil por meio de escaladores, já que este esporte é praticado usando uma corda.

Praticar slackline requer muita habilidade, equilíbrio e concentração. Ele atinge todos os músculos corporais e isso faz com que a prática dessa atividade torne-se mais uma aliada tanto à saúde como para um melhor desempenho em outros exercícios.

Para executar o slackline, basta ter uma tira especial. Ela tem uma largura considerável para que possamos andar sobre ela e tem que apresentar resistência para suportável a pesos. As bases dessa corda devem estar amarradas em árvores ou postes. Como a prática do slackline produz equilíbrio, surfistas, skatistas e até praticantes de yoga aderiram a este esporte tão simples.

A atividade física em si traz muito benefícios, por isso o slackline não fica de fora: auxilia no alívio do estresse e ajuda a desenvolver o lado físico e mental humano. As articulações e músculos são postos para trabalhar com o slackline. O exercício atinge áreas musculares das quais nos esquecemos de exercitar. A concentração também entra em jogo, pois, para não cair, o indivíduo deve estar totalmente ligado com a situação em que está.

O slackline é tão levado a sério que existem sub-modalidades de acordo com as características do ambiente e da corda. No trickline as posições são mais imóveis, evitando saltos de acrobacias. Diferente do jumpline que, como o nome já indica, impulsiona o praticante a pular, pois a corda usada é elástica, sendo indicado para perder calorias. Já o waterline garante mais segurança. A corda é posicionada em cima da água, tornando a atividade mais dinâmica. O longline deve ser praticado com uma corda de 20 metros. Durante a prática são trabalhados músculos do abdômen, braços, pernas e a força nas costas. A modalidade mais arriscada seria a higline. A corda é posta numa altura acima de 5 metros. Já houve práticas a 147 metros, mas deve ser executada somente com muita segurança.

Enfim, o que vale mesmo é praticar esporte e garantir saúde por toda a vida. Slackline é super divertido e ganha cada vez mais espaço no Brasil, sendo executado por muita gente.

Vídeos

Fontes de Informações

vilamulher.terra.com.br/slackline-andar-na-corda-bamba-11-1-68-216.html

balaiodegato.com/cultura-e-diversao/slackline-o-esporte-do-verao/

personare.com.br/revista/saude-e-beleza/materia/1311/fique-em-forma-com-o-slackline

blogbrasil.com.br/slackline-corda-bamba/