Aneurisma da Aorta Abdominal: o que é, sintomas, causas e tratamentos


Aneurisma da Aorta Abdominal

O que é?

É uma dilatação anormal na parede da Aorta abdominal infra-renal , ou seja, a parte da Aorta que fica entre as artérias renais. Três em quatro casos de aneurismas de aorta são abdominais; a cada cinco casos de aneurisma de aorta abdominal, um rompe.

Ocorre com maior frequência em homens acima dos 55 anos de idade e, havendo a rotura, na maioria dos casos leva o paciente à morte antes mesmo de chegar ao hospital.

Sintomas

Como não costumam dar sinais de sua existência, os aneurismas de aorta abdominal costumam evoluir silenciosamente, sendo descobertos, muitas vezes em algum exame clínico do abdômen através de raios x ou de ultra-som. Sintomas geralmente aparecem quando o aneurisma se torna grande e o paciente então, sente como se houvesse um coração pulsante em sua barriga; também quando comprime estruturas vizinhas, causando muita dor e desconforto abdominal.

Quando há complicações no quadro de aneurisma, pode ocorrer a trombose ou embolia das artérias abaixo do aneurisma, o que causa muita dor nas pernas por falta de sangue, também os casos de ruptura, a complicação mais frequente. O aneurisma pode romper para a Veia Cava ou Veia Ilíaca, causando edema numa ou nas duas pernas, com queda de pressão e insuficiência cardíaca; para o intestino, ocorrendo queda de pressão e sangramento, este saindo pela boca ou fezes e levando o paciente à morte em grande parte dos casos; para o Peritônio, com queda de pressão e grande sangramento para dentro da barriga, o que geralmente ocasiona a morte súbita do paciente; para o Retroperitônio, acarretando forte dor nas costas,  com progressão aos testículos e queda de pressão, podendo causar a morte do paciente que não receber tratamento imediato.

Causas

A maioria dos casos está associada à aterosclerose da Aorta, no entanto, estudos recentes mostram que uma alteração do sistema conjuntivo da parede arterial é responsável pelo  surgimento de aneurisma.

Há fatores que contribuem para o surgimento de aneurismas, são eles:

  • Tabagismo;
  • Hipertensão arterial e
  • Doença obstrutiva crônica pulmonar.

Tratamento

É indicado a homens com mais de 60 anos, principalmente os fumantes e ex-fumantes, que façam um exame de ultrassom para verificar se há aneurisma de aorta abdominal. O tratamento indicado dependerá do tamanho do aneurisma, sendo feito um controle por ultrassom de tempos em tempos, para acompanhar se o aneurisma cresceu. Se for o caso de um grande aneurisma, com o diâmetro da Aorta maior do que 5cm ou se tiver aumentado mais de 1cm por ano, a cirurgia é indicada para ser feita o mais rápido possível.

Fontes de informações

emedix.uol.com.br

copacabanarunners.net