Anabolizantes – Quais os malefícios e efeitos?

monstro

Um monstro cheio de músculos

Anabolizantes são medicamentos feitos à base de testosterona, um hormônio genuinamente masculino, porém que também existe, só que em menos quantidade, nas mulheres.

Testosterona gera efeitos androgênicos: crescimento de pêlos, aumento peniano e mudanças na voz; e anabólicos: ganho de massa muscular, aumento de força e resistência.

Até aí tudo “belê”, parece que utilizar anabolizantes é uma boa, mas basta ver as consequencias de tomar esta “febe tife” que a idéia logo foge da cabeça dos mais ajuizados.

Os riscos de tomar anabolizantes são altos, tanto durante, quanto quando se para de consumir. Confira quais são os principais malefícios:

  • Existem esteróides que são aplicados sem a mínima higiene, através de seringas. O risco de contaminação é altíssimo.
  • Nas mulheres os anabolizantes podem engrossar a voz, hipertrofiar o clitóris, diminuir as mamas, aumentar o crescimento de pêlos por todo o corpo, causar queda de cabelos, entre vários outros efeitos colaterais.
  • Nos homens as “bombas” podem gerar ginecomastia (crescimento de “tetas”), broxamento (leia-se impotência sexual), insônia, hipertensão, sangramento nasal, acne, entre outros…
  • Há casos de desenvolvimento de câncer.

É possível conseguir resultados excelentes na academia sem precisar apelar para os esteróides.

Claro que o “muque” não aparece de um dia pro outro (eu que o diga), mas com dedicação, paz de espírito e alegria no coração podemos chegar a ser um Schwarzenegger um dia… quem sabe…

Recomendar:

Comentários

Sobre o autor

Redação

SiteTwitterFacebook