O que saber antes de matricular o filho na escola

Descubra que características são relevantes para tomar essa decisão

Nesse texto você vai descobrir o que saber antes de matricular o filho numa nova escola. Conheça seis tópicos que devem ser levados em consideração e por quê. Isso e muito mais você confere a seguir!

Todo final de ano é uma dúvida constante: será que meu filho deve continuar nessa mesma escola ou é hora de mudar? Se você está pensando em tirar seu filho e matriculá-lo em outra instituição, saiba agora o que você precisa observar antes de fazer isso.

Lembre-se que o mais importante é o bem-estar da criança, por isso, os motivos que levaram você a tomar essa decisão devem ficar bem claros para ela, caso ela tenha idade para compreender seus argumentos.

A escola é um centro de interação social importante, logo, a criança não pode ser arrancada de lá bruscamente, mas sim depois de um diálogo franco com a família. Veja as características que você tem que levar em consideração.

6 coisas que você precisa saber antes de matricular o filho

Antes de matricular o filho na escola leve em consideração o currículo do corpo docente

Acesso a tecnologia, a novos idiomas e atividades artísticas fazem a diferença (Foto: depositphotos)

1. Escola inclusiva

Talvez seja um pouco exagerado colocar essa questão como primeiro tópico, antes mesmo da localização, por exemplo.

O fato é que as escolas inclusivas têm muito mais a oferecer para o seu filho, do que as fechadas para as crianças diferentes. Incentive seu filho a conviver com a garotada com necessidades especiais, você verá que ela vai aprender muito sobre humanidade e amor.

Veja também: Jogos nostálgicos educativos para crianças

2. Escola com múltiplos idiomas

Nem é preciso falar o quanto é fundamental saber falar, interpretar e escrever em inglês, porém outros idiomas também estão sendo cotados para as melhores oportunidades de emprego.

O alemão ou mandarim são exigências em muitas grandes organizações e seu filho pode ter grandes chances dominando, além do inglês, um deles.

3. Escola com atividades artísticas

Muito mais do que balé ou aulas de desenho, procure uma escola que intensifique a experiência do seu filho com as artes. Aulas de música e teatro podem ser grandes diferenciais.

Na prática, mesmo que seu filho seja um médico e não um artista, a arte vai ajudá-lo a se desenvolver melhor em outras áreas.

Veja também: Ideias de como encapar caderno escolar

4. Escola com professores gabaritados

Já passou a época em que somente as universidades concentravam doutores e Ph.D.s.

Hoje em dia você deve buscar aquelas escolas que possuem professores, diretores e gestores mais gabaritados para ocupar a função. Serão eles os responsáveis por darem rumo ao ano letivo e isso é coisa muito séria.

5. Escola que leve a brincadeira a sério

É certo que você matricula o seu filho para estudar, mas tão importante quanto é que ele brinque. As brincadeiras educativas ajudam na autoestima, coragem e disciplina da meninada.

Por mais boba que pareça a brincadeira, a escola precisa estimular a aprendizagem através dela e a interação social entre as crianças.

6. Escola tem que ter tecnologia

A tecnologia hoje é primordial para a vida de qualquer adulto. Na infância, ela deve ser utilizada com parcimônia, mas não pode ser desprezada.

Veja também: Sonhar com escola – Significados para este sonho

Se a escola que você escolheu para matricular o seu filho não conta com aparatos modernos, risque da sua lista. Não podemos fechar os olhos para essa realidade.

As crianças precisam aprender a fazer o bom uso das novas tecnologias para serem adultos mais preparados para o mercado de trabalho e para o dia a dia.

Sobre o autor

Jornalista formada pela Universidade Federal da Paraíba com especialização em Comunicação Empresarial. Passagens pelas redações da BandNews e BandSports, TV Jornal e assessoria de imprensa de órgãos públicos.