Barbeiro

O que é a doença de chagas?

A doença de chagas (também conhecida por: chaguismo e mal de chagas) é um infecção causada por um protozoário chamado de cinetoplástida flagelado Trypanosoma cruzi. A contaminação é feita através de insetos, tal como o barbeiro.

Como ocorre a infecção?

Ocorre que os insetos infectados com o protozoário causador do Mal de Chagas entram na nossa corrente sanguínea através de algum ferimento.

Quais os sintomas da doença de chagas?

No começo esta doença vai ocorrendo sem muitos sintomas, o que é um perigo, pois quando a pessoa descobre que está doente, o mal de chagas já pode estar num nível muito avançado.

O primeiro sintoma sé vermelhidão no local da picada.

Após +/- uma semana sem muito sintomas, começam a aparecer manchas pelo corpo, febre, inchaço do fígado. Neste estágio ainda pode ocorrer inflamaçõ no coração com alterações no eletrocardiograma e ritmo de batimentos cardíacos aumentado.

Ainda nos casos mais graves, pode ocorrer sintomas de inflamação das camadas de proteção do cérebro (meningite) e inflamação do cérebro (encefalite). Os casos fatais são raros, mas, quando ocorrem, são nesta fase em decorrência da inflamação do coração ou do cérebro. Mesmo sem tratamento, a doença fica mais branda e os sintomas desaparecem após algumas semanas ou meses. A pessoa contaminada pode permanecer muitos anos ou mesmo o resto da vida sem sintomas, aparecendo que está contaminada apenas em testes de laboratório. A detecção do parasita no sangue, ao contrário da fase aguda, torna-se agora bem mais difícil, embora a presença de anticorpos contra o parasita ainda continue elevada, denotando infecção em atividade.

Na fase crônica da doença, as manifestações são de doença do músculo do coração, ou seja, batimentos cardíacos descompassados (arritmias), perda da capacidade de “bombeamento” do coração, progressivamente, até causar desmaios, podendo evoluir para arritmias cardíacas fatais. O coração pode aumentar bastante, tornando inviável seu funcionamento. Outras manifestações desta fase podem ser o aumento do esôfago e do intestino grosso, causando dificuldades de deglutição, engasgos e pneumonias por aspiração e constipação crônica e dor abdominal.

Mais recentemente, a associação de doença de Chagas com AIDS ou outros estados de imunossupressão tem mostrado formas de reagudização grave que se desconhecia até então, como o desenvolvimento de quadros neurológicos relacionados à inflamação das camadas que revestem o cérebro (meningite).

Qual o tratamento contra a doença de chagas?

Na fase inicial da doença, utiliza-se o benzonidazole.

Já na fase crônica usa-se medicamentos de acordo com os sintomas do paciente.

A diminuição da capacidade de trabalho do coração é tratada como na insuficiência deste órgão por outras causas, podendo, em alguns casos, impor até a necessidade de transplante.

Prevenção

Basicamente, pela eliminação do vetor, o barbeiro, por meio de medidas que tornem menos propício o convívio deste próximo aos humanos, como a construção de melhores habitações.