,

Dicas de como se exercitar no inverno

Durante os dias com temperaturas mais baixas, o metabolismo fica mais acelerado, isso ajuda no emagrecimento e também a reduzir a retenção de líquidos

Você sabia que o frio é um aliado para a perda de gordura corporal? Durante os dias com temperaturas mais baixas, o metabolismo fica mais acelerado, isso ajuda no emagrecimento e também a reduzir a retenção de líquidos no corpo.

Entretanto, praticar exercícios durante o inverno pode favorecer o risco de lesões, uma vez que há estriamento e fadiga muscular em temperaturas mais baixas. De acordo com Daniel Marques, fisioterapeuta da Ibramed, uma empresa fabricante de equipamentos de reabilitação esportiva e estética, “no frio, os músculos ficam mais contraídos, o que pode aumentar chances de lesão. No entanto, essa é uma excelente época para otimizar os resultados”.

Mas, não é por conta disse que você vai deixar de praticar atividades físicas. O especialista garante que é possível alcançar ótimos resultados sem se machucar. Para isso ele indica três dicas. Fique atento (a):

Veja como praticar exercícios nos dias frios

Dicas de como se exercitar no inverno

Foto: pixabay

1. Intensifique seus treinos

Se você já pratica regularmente atividades esportivas, procure intensificar os exercícios. Deixe-os mais rápidos e de impacto. Já se você está começando agora, tem uma larga vantagem a seu favor, pois para manter a temperatura corporal, o organismo vai queimar ainda mais calorias não só durante a realização do treino, como também em outros momentos ao longo do dia.

2. Use a tecnologia

Durante o verão, há uma corrida às clínicas de estética de todos os lugares do país para dar uma forcinha à boa forma. Na verdade, essa iniciativa deve ser mantida ao longo de todo o ano. Mesmo que você pratique exercícios, pode fazer uso da tecnologia a seu favor e o inverno é uma ótima oportunidade para você colocar tudo em cima.

Uma das dicas do especialista é fazer uso da Corrente Aussie, uma técnica que potencializa os ganhos musculares, promove analgesia e relaxamento. Além disso, é uma ferramenta eficaz para reduzir medidas e tratar a celulite. “Através da Corrente Aussie é possível oferecer a eletroestimulação muscular associada ao exercício, gerando potentes contrações musculares de maneira confortável para resultados melhores”, explica Daniel Marques, que recomenda: “utilizar a tecnologia como aliada durante o inverno é uma maneira inteligente para quem se quer se preparar para o próximo verão, já que existem tratamentos que ajudam na rotina pós-treino e também otimizam os resultados”.

3. Alongue-se

No inverno, os músculos e articulações ficam mais propensos a apresentarem problemas. O especialista informa que o mais comum é o estiramento, que nada mais é do que quando as fibras musculares se rompem. Isso acontece quando a atividade física explora demais o corpo abruptamente. Para evitar esse problema, o ideal é a prática de alongamento e aquecimento pré e pós treino.