,

Como comprar um veículo financiado; veja tudo o que é preciso

É importante pesquisar atentamente quais são as condições de financiamento de cada uma das instituições financeiras

No Brasil, o preço de carros é algo exorbitante. Portanto, muitas pessoas têm que recorrer ao financiamento de veículos para poder ter o seu carro. Seja pela primeira vez ou para trocar de modelo, o financiamento é uma das maneiras mais populares de adquirir um carro novo ou usado por aqui.

Um veículo financiado pode ser adquirido tanto por bancos privados como públicos. O Crédito Direto do Consumidor (CDC) é concedido por meio da sua renda, que não deve ficar comprometida em mais de 30%. Por isso, veja agora o que é preciso e como se faz para comprar um veículo financiado.

Faça suas contas antes de fechar o financiamento

A primeira coisa que você precisa ter em mente quando decide por fazer um financiamento de um veículo é saber se o seu orçamento dá para arcar com as parcelas que tendem a se estender por vários anos.

Faça um planejamento a longo prazo e veja o teto de um valor mensal que você pode pagar (independentemente dos 30%), sem prejudicar a sua saúde financeira.

Pesquise instituições financiadoras

Agora que você já sabe qual é a margem do seu salário que você pode dedicar ao pagamento da parcela de um veículo, chegou a hora de pesquisar quem vai financia-lo para você.

Existem muitos bancos grandes e pequenos que oferecem essa possibilidade. Portanto, pesquisa quais são as condições de financiamento de cada uma das instituições financeiras e veja a que lhe oferece melhores preços, prazos e taxas mais baixas.

Uma dica útil é que antes de sair por aí procurando qualquer entidade financeira, procure o banco que você já possui conta. Às vezes, por conta do relacionamento entre vocês podem ser oferecidas melhores condições de financiamento.

Você também pode simular financiamento veicular online, por meio das plataformas de alguns bancos, a exemplo do iCarros (Itaú) e do Autoline (Bradesco).

Faça várias simulações de financiamento

Não se canse de fazer simulações. Somente assim, você vai descobrir a fórmula mais econômica para fechar o contrato de financiamento do seu veículo. Veja as taxas com ou sem entrada, analise o valor das parcelas e o preço final de acordo com o número de parcelas (24x, 36x, 48x, 72 vezes ou até mais).

É importante analisar o valor mensal das parcelas do financiamento e checar se cabem no seu orçamento

Para comprar um carro financiado é importante fazer várias simulações e pesquisar as menores tarifas (Foto: depositphotos)

Dar entrada ou não para comprar um veículo financiado?

Dar entrada em um veículo financiado é uma maneira de você diminuir o valor das parcelas ou então subtrair do valor final do carro. Muitas vezes, as próprias condições de financiamento exigem uma entrada, mas vai depender muito da forma como foi negociado.

Financiar um carro é algo rápido?

Depende muito da instituição credora. Muitas vezes, o financiamento é feito na própria concessionária e você já sai dirigindo o seu veículo. Quando é direto com o vendedor, você pode procurar diretamente o banco com todas as informações do carro e é só esperar o crédito ser aprovado e o dinheiro transferido para a conta do comprador.

Faça tudo bem ‘amarrado’

Fazer negócios exige muito cuidado. Em algumas situações, você precisa ficar muito atento e, acima de tudo, ter confiança nas pessoas com quem está negociando.

Se você estiver comprando o seu carro financiado direto na concessionária, verifique se a mesma oferece garantia do veículo e se ela cobre todas as taxas e impostos.

Se você estiver tratando diretamente com o vendedor, fique mais atento ainda e na falta de experiência com carros, chame alguém da sua confiança para analisar as condições mecânicas e de documentação do veículo.

Não deixa nada passar, pois isso pode acarretar prejuízos futuros. Peça todos os documentos e analise junto ao banco e entidades fiscalizadoras de trânsito.

Outra dica é jamais autorizar o banco a pagar pelo carro antes de você ter em mãos a chave do veículo, procure fazer a transação financeira dentro do banco e com a presença do vendedor.

E lembre-se: o carro financiado só será totalmente seu quando você acabar de pagar as parcelas, até lá ele fica alienado ao banco credor, ou seja, a instituição que lhe concedeu o veículo financiado.

Você pode conferir, aqui, outras dicas sobre carros e também motos.