Cheque devolvido: O que fazer?

Toda operação financeira envolve riscos. Lidar com cheque devolvido é uma delas. O cheque é uma espécie de pagamento feito à vista, mas que sugere uma data para que ele deseja depositado.

Pouca gente sabe, mas o cheque é mesmo um pagamento instantâneo, e o receptor pode levá-lo ao banco para sacar o dia que quiser, independente da data que consta no papel. Porém, estabelece-se um acordo entre as partes para o dia do pagamento, por isso é colocado uma data nele.

Mas, nem sempre o pagamento é efetuado, pois se a conta do emissor do cheque não tiver dinheiro suficiente para cobrir o valor do cheque, ele é devolvido. Em uma situação assim, veja o que fazer:

O que o emissor deve fazer quando o seu cheque volta?

Se o cheque foi devolvido, é preciso procurar a  agência para dar baixa no documento

O cheque é devolvido quando não há dinheiro para compensação na conta (Foto: depositphotos)

Um cheque pode voltar até duas vezes da sua conta. A primeira vez é chamado de motivo 11. Ou seja, ele foi depositado e não havia saldo suficiente para cobrir o valor total. Quando há uma insistência e o cheque é depositado pela 2ª vez, é o motivo 12.

Depois de depositado duas vezes, você tem cinco dias para ir resgatar o cheque que deve estar com a pessoa que recebeu. Mas é claro que a pessoa só vai lhe entregar o cheque se você acertar o valor com ela.

Com o cheque em mãos, procure a sua agência para tentar dar baixa no documento sem pagar taxa ou ter o nome incluído no Serasa, a empresa brasileira de análises e informações para decisões de crédito e apoio a negócios. Depois desses cinco dias, provavelmente você terá mais dificuldades em resgatar seu cheque e manter seu nome limpo.

Veja também: Como consultar Serasa

O que o receptor deve fazer com cheque devolvido

Quando uma pessoa recebe um cheque, deposita e ele volta é uma dor de cabeça. Além da frustação por não receber o dinheiro que estava descrito no cheque, você ainda tem que ir para o banco tentar resgatar o cheque.

O prazo para que o cheque volte para você varia de acordo com a origem dele. Se é um cheque chamado da “mesma praça”, são dois dias para devolução. Já se o cheque não é da mesma cidade que a sua, pode levar até sete dias úteis para chegar em suas mãos novamente.

Com o cheque devolvido em mãos, você deve entrar em contato com o emissor e tentar receber o dinheiro de outra forma. Lembre-se de manter o cheque em sua posse, do contrário, a pessoa pode pegar a folha e nunca mais lhe pagar nada.

Veja também: Cheques – o que significa motivo 11, 12, 13, 20, 21…

Tipos de cheque

Todo cheque está sujeito a voltar caso na conta não tenha saldo suficiente. Conheça os tipos de cheque que existem no mundo bancário.

– Cheque ao portador: qualquer pessoa pode ir na boca do caixa sacar o cheque;
– Cheque nominal: diferente do primeiro, quem deve sacar o cheque é somente a pessoa que tem seu nome descrito na folha do cheque, por isso, é importante levar documento de identificação;
– Cheque pré-datado: é quando há uma data para que o dinheiro seja sacado. Embora, por Lei, o receptor não precisa esperar por ela;
Cheque cruzado: esse tipo de cheque indica que ele pode ser somente depositado e não trocado na boca do caixa.

Veja também: O que é um cheque cruzado

Sobre o autor

Jornalista formada pela Universidade Federal da Paraíba com especialização em Comunicação Empresarial. Passagens pelas redações da BandNews e BandSports, TV Jornal e assessoria de imprensa de órgãos públicos.