Caveleiros do Zodiaco

Quando meu pai trouxe-me um boneco de Shiryu lá nos anos noventa, foi onde interessei-me por um desenho (mangá) que mais tarde viria a ser o meu (e do mundo) predileto.

A historia do desenho “Os Cavaleiros do Zodiaco” gira em torno de Sayori – a reencarnação da deusa grega Athena – e seus cavaleiros protetores. Dentre estes cavaleiros destacam-se os de bronze, que em muitos momentos tornam-se mais fortes que todos os outros cavaleiros. Sejam eles de ouro ou cristal.

Na primeira saga Seya, Shiryu, Hyoga, Shun (o gayzinho) e Ikki se conhecem num torneio de luta. Onde os vencedores se tornaram os protetores de Sayori.

Depois muitas batalhas ocorrem e Seiya sempre mostra que é o mais forte.

Mesmo sendo aficionado por este anime, sei que há coisas muito grotescas nos episódios, que foram lembradas pelo Desciclopédia. Eu não tinha percebido, mas os cavaleiros sempre repetem as mesmas coisas em todas as batalhas, tipo:

– ” Vou elevar o meu cosmo ao “Infinito” (Seya, antes de toda luta)

– “Como é possível??? ele se esquivou/defendeu/evitou todos os meus meteoros!!!! ” (Seya, durante todas as suas lutas)

– “Não pode ser! Meu indestrutível escudo do Dragão quebrou!” (Shiryu, em cada batalha que disputa)

– “O que!Ele defendeu meu Cólera do Dragão com apenas uma de suas mãos! ” (Shiryu, no inicio de qualquer batalha)

– “O quê??? ” (Ikki, sobre qualquer coisa que seus adversários digam)

MATERIAIS EXTERNOS:

+ Fotos (wallpapers, papel de parede) dos Cavaleiros;

+ Jogos (games) para download (baixar) de graça;

+ Episódios dos Cavaleiros grátis;