De forma rápida e prática: Aprenda como fazer um memorando

A palavra memorando vem de memória, ou seja, serve para lembrar de algo. Confira aqui como elaborar um documento desse de forma prática

Você sabe para que serve um memorando e como utilizá-lo? O memorando é um tipo específico de documento que deve ser feito para comunicar um determinado assunto para um grupo de pessoas. A palavra memorando vem de memória, ou seja, serve para lembrar de algo.

Veja como fazer um memorando. Confira passo a passo

Aprenda como fazer um memorando

Foto: depositphotos

1. Coloque no topo da página a palavra Memorando. Se quiser chamar mais atenção, coloque a palavra em negrito, sublinhado ou em uma fonte maior que as demais;

2. Depois, dê um espaço depois do nome memorando, coloque para quem se destina o documento em questão. Para: Setor de Compras ou Departamento de Marketing e Vendas;

3. Abaixo, coloque o seu nome ou o nome do departamento que emitiu esse memorando;

4. Mais abaixo, coloque a data a qual foi feita o memorando;

5. Agora é hora de colocar o assunto do documento. Coloque o título no memorando;

6. Inicie o seu memorando escolhendo bem as palavras adequadas. Evite pronomes de tratamento inadequados e cuidado com o tom utilizado. Não escreva palavras de ordem, mas abuse dos termos gentis e educados para que recado não seja interpretado de forma errônea;

7. Aproveite para ir direto ao assunto logo no primeiro parágrafo. Mas, não deixe de introduzi-lo com clareza para aqueles menos familiarizados com o tema;

8. Se for necessário, coloque imagens de apoio, gráficos, listas, tabelas. O que for preciso para tornar mais claro o assunto do memorando;

9. Se o memorando ficar maior que três parágrafos, se utilize de intertítulos para facilitar a leitura. Mas, via de regra, o documento serve para lembrar as pessoas de determinada coisa, portanto evite muito conteúdo para não ficar cansativo e acabar perdendo o foco principal;

10. Não esqueça de colocar datas precisas. Já que o memorando serve para lembrar de algo, é importante ter os prazos bem explícitos no documento. Além disso, deixe claro o que precisa para cumprir esses prazos, caso seja necessário especifique item por item;

11. Ao final do memorando coloque sempre uma frase de incentivo para que a determinação seja cumprida. Insira a importância sobre o seu cumprimento e também valorize o papel de cada um para que a situação seja solucionada;

12. Por fim, inclua a sua assinatura. Ela é importante para ratificar todo o conteúdo do memorando e para validar sua originalidade. A assinatura deve vir digitada em computador para ficar claro quem a assina e também com a assinatura tradicional feita à mão.