Volta de Márcia Goldschimidt, volta do bom e velho sensacionalismo


Pára a matéria!!!

Há muito tempo que eu não ria com o sensacionalismo na tv brasileira. Depois do sumiço em massa dos grandes apresentadores e seus programas, a TV tinha se tornado algo sem graça.

Primeiro o João Kléber erradicou-se da tv após descobrir que sua mulher tinha presenteado-o com um chapéu Viking. Além dos chifres a cesura também foi um dos algozes de João. Primeiro baniram o “Tarde Quente” com suas pegadinhas ilárias sobre bichinhas – na verdade esse foi o motivo de banirem-o; depois foi o “Eu vi na tv” com o inenarrável “Teste de Fidelidade“, com a Márcia Imperator fazendo o que mais gosta: esfregar seu corpo em machos.

Posteriormente à “extradição televisiva” de João Kleber, vieram a de Márcia Goldschimdt e Ratinho. Este terceiro sofreu uma metamorfose, tendo que adaptar-se ao que dá audiência e money.

Das histórias mais idiot…, eu quis dizer, sensacionalistas, lembro-me duma em que uma mulher tinha um defeito na face. Foram mais de 50 min. com esta tal mulher com o rosto encoberto por um pano, e com Márcia Goldschimidt falando que o problema da moça era incrível, que não sabia se podia mostrar o rosto dela naquele horário, que tirassem as pessoas com problemas cardíacos da sala e tal e tal. Durante isso, nós telespectadores ficávamos pensando: “Qual será o problema desta pobre moça? Teria o rosto dela sido retalhado por um maníaco?! Ou sofrera a pobre dama de alguma mutação gênica por causa de um pai beberrão? Será que ela tem nariz? Olho? Boca? Será que ela nasceu com um pênis no lugar de seu nariz?”.

No fim, sabe qual era a patologia que a mulher sofria? Após quase 1h de programa e espera nos foi revelado que a mulher chupava chupeta, e só isto, esta era sua doença incurável. Muitos deviam ficar com muita raiva, eu mesmo ria, ria muito, muito mesmo.

Hoje eu não assisto mais pois tenho mais o que fazer, mas zappiando pelos canais há alguns instantes atrás, vi o título que estava no rodapé do programa dela (Márcia G.): “Mulher reclama porque marido sempre dorme na hora H. Diz ela que ele dorme até dançando”.

Imagina a cultura que você gaharia gastando o seu tempo com isto.

A verdade nada mais é do que aquela velha verdade: se queres cultura vá ler um livro, se não queres, vá ver televisão.

Por falar em táticas para dar audiência, você lembra do que Sérgio Malandro se valia para ganhar IBOPE?
[youtube KLGfVHMchss]