Um pouco sobre investimentos no Mercado de Ações


Wall Street

Há uns 2 anos eu comecei a estudar o mercado de ações, bolsa de valores, técnicas de investimentos, Warren Buffet, demonstrações financeiras.

No inicio minha visão do mercado de capitais era igual a de todas as pessoas que não o conhecem: um lugar onde se compra ações em baixa e vende-se em alta. Eu também tive esta visão em relação ao mercado imobiliário, mas esta é uma história sem meio e sem fim.

Depois de fazer um mini curso de Investimentos no mercado de ações eu vi que as coisas são medianamente diferentes. Os que compram e vendem “na hora” são os especuladores e os que analisam, compram e permanecem por um bom tempo com as ações são os “conservadores (ou fundamentalistas)”.

Utilizando-se as técnicas da Benjamin Graham – o mentor do maior investidor do mundo, Warren Buffet, ex segundo homem mais rico do mundo – você pode criar carteiras de ações dos mais diversos níveis: defensiva, agressiva e concentrada.

Em cada uma delas o grau de risco é diferente, como também as possibilidades de lucros maiores.

Estas técnicas fundamentam-se em muita análise de empresas, setores, segmentos. Se você for segui-las a risca você: analisará empresas, comprará ações e as manterá, tirando renda através dos dividendos.

Eu sinceramente não sou muito a favor de ficar por muito tempo com uma ação; creio que se você comprou à um preço (muito) abaixo em relação ao atual, você deve vendê-la para assim auferir lucros.

Creio que o processo deveria ser o seguinte: você analisa algumas empresas e escolhe as melhores de acordo com os requisitos de liquidez (caixa/dividas), dividend yield(ganhos com dividendos), RPL e tal; considerando-se como um dos requisitos mais importantes os dividendos, pois se o preço da ação não subir pelo menos você ainda terá outra maneira de ganhar dinheiro; após isto comprar as ações destas empresas e mantê-las até que o preço suba consideravelmente.

Lembre-se disso: Quando você for comprar ações pense no negócio da empresa e não em especulações de preços de ações, volatilidade e outras bobagens. Se o negócio da empresa for bem, as ações dela também seguirão pelo mesmo caminho.