Terapia ocupacional – o que é?


O que é Terapia Ocupacional?

Terapia ocupacionalOs TOs, ou Terapeutas Ocupacionais, trabalham com o intuito de prevenir/”curar” a perda da capacidade de algumas pessoas em relação a tarefas de trabalho, lazer e auto-cuidado.

Outro intuito deste tratamento é gerar uma sensação de autorealização nas pessoas. Pois ao empregar alguém em algum afazer, tal pessoa remotamente se sentirá um “peso para papel”.

Esta terapia serve tanto para pessoas que sofrem de alguma doença, como AlZheimer, que dentro da terapia fazem exercícios que são úteis para a realização de tarefas como escovar os dentes, comer ou realizar qualquer outra tarefa; quanto para pessoas sem nenhum problema de saúde, mas que podem ser afetadas psicologicamente se não tiverem uma ocupação.

Mais especificamente, pra quem é indicado este tipo de terapia?

Toda pessoa que possuir algum tipo de Disfunção em relação a realização das tarefas diárias de uma pessoa normal.

Dentre estas disfunção estão inclusas:

  • pessoas com condições neurológicas (parkinson, ELA, Alzheimer, etc.),
  • condições incapacitantes ou degenerativas (câncer, artrose, artrite reumatóide, fibromialgia, etc),
  • condições motoras (traumatismos do membro superior, coluna, etc.),
  • condições profissionais (dor, estresse, baixo rendimento, etc.),
  • condições pediátricas (hiperatividade, distúrbios do brincar, distúrbios de aprendizagem, síndromes diversas, distúrbios de coordenação, etc.),
  • condições mentais (psicose, depressão, transtornos obsessivos compulsivos, neuroses, e outros transtornos mentais).