Saias cintura alta – fotos e modelos

Saia cintura alta

Uma tendência antiga

A cintura alta é um elemento que começou a fazer sucesso há bastante tempo, chegando a uma época em que saiu de moda. Há pouco tempo, ela retornou com tudo, sendo usada também em saias.

Quando começaram a surgir as primeiras, o sucesso foi enorme, o que fez a maioria das mulheres possuírem pelo menos uma dentro do guarda-roupa. No entanto, se não são seguidas algumas regrinhas, essa peça pode desvalorizar a sua silhueta, dando o efeito contrário do que você desejava.

Para te ajudar com isso, preparamos algumas dicas que podem te ajudar a usar corretamente uma saia de cintura alta, levando em consideração o seu corpo. Confira:

Dicas de como usar

  • Ao contrário do que muita gente pensa, as mais gordinhas podem sim usar saias de cintura alta. Mas para que não cause uma desproporção, devem escolher as de modelo “A”. Elas deixam sua cintura mais fina e disfarçam as gordurinhas localizadas e a barriga saliente. Outra dica é sempre optar pelas cores mais escuras.

 

Saias de cintura alta em formato "A"

 

  • As mulheres com coxas grossas também devem seguir a mesma dica que as gordinhas, optando pela modelagem “A”. O diferencial é que elas devem investir nos modelos mais compridos, para disfarçar o volume extra das coxas.

 

Saia de cintura alta em formato "A"

 

  • Já as magrinhas e que possuem pouco quadril, devem escolher a modelagem balonê, com babados, ou outra que possua volume nessa área, o que ajuda bastante a ganhar mais curvas. Aposte nas estampas complexas e nas misturas de cores, esses dois elementos são ótimos para dar volume ao quadril.

 

Saia de cintura alta Balonê

 

  • As baixinhas (como a modelo da foto) também podem usar sem medo! Aliás, esse modelo de saia foi feito praticamente para elas, já que é perfeito quando o assunto é alongar a silhueta. Prefira os modelos mais curtinhos e justos ao corpo e nos pés um peep toe ou um scarpin de salto alto.

 

Saia de cintura alta curtinha

Recomendar:

Comentários

Sobre o autor

Redação

SiteTwitterFacebook