Resumo do livro Helena

Resumo do livro Helena

Veja o resumo do livro Helena de Machado de Assis. | Foto: Reprodução

Helena é uma obra de Machado de Assis, considerado o maior escritor brasileiro de todos os tempos. O livro foi publicado em 1876 e faz parte da primeira fase literária do autor. Saiba mais um pouco sobre ele e logo após, confira um resumo desse livro.

Machado de Assis

Nascido no Rio de Janeiro, no dia 21 de junho de 1839, Machado de Assis foi um escritor, que como dito anteriormente, é considerado o maior nome da literatura nacional. Tal título lhe foi concedido pelo fato de escrever em praticamente todos os gêneros literários existentes, desde um clássico romance, até textos jornalísticos.

Por ter nascido em uma família muito pobre, não teve a oportunidade de terminar seus estudos, nem sequer de cursar uma universidade. Entretanto, ele usava de seu intelecto superior ao dos demais, para conseguir subir socialmente. Fez isso ao ocupar cargos em entidades importantes, como os Ministérios da Agricultura, o de Obras Sociais e o do Comércio.

Sua obra é imensa e conta com centenas de contos e crônicas, além de peças teatrais e romances, que são lidos até os dias de hoje, sendo algum deles usados como referências bibliográficas em vários sistemas de ensino.

Sua morte ocorreu no dia 29 de setembro de 1908, aos sessenta e nove anos de idade. Atualmente, é lembrado como um gênio da literatura, ao lado de grandes nomes da categoria, como Dante Alighieri e William Shakespeare.

Resumo do livro Helena

A história começa com a morte do Conselheiro Vale, que era um homem extremamente rico. Em seu testamento, descreve a jovem Helena como sua filha e herdeira majoritária de toda a sua fortuna, desejando que ela assuma seu lugar em casa. Todos acreditam nas últimas palavras deixadas pelo Conselheiro, mas Helena sabia que não era realmente a filha dele, mas o desejo de ascender socialmente, a faz aceitar tudo isso.

D. Úrsula, irmã do Conselheiro, no começo tem um certo preconceito com Helena, mas por conta do jeito meigo e carismático da jovem, ela acaba se encantando por ela, assim como todos que ali moram. Helena começa a assumir o seu lugar na casa, sendo uma dona de casa com pulso firme, dirigindo a propriedade melhor do que D. Úrsula fazia antes do Conselheiro vir a falecer. Com isso, ela consegue impressionar não só a “sua família”, como também o restante das pessoas da cidade, pois além de ser uma mulher equilibrada, também ostentava uma beleza invejável.

Com o passar do tempo, Estácio, seu suposto meio-irmão, vai se encantando cada vez mais por Helena, o que acaba com os dois se apaixonando. É aí que começa a parte interessante do livro: de um lado, Estácio, que se martiriza por estar apaixonado pela sua meia-irmã, o que era um pecado gravíssimo. Do outro, Helena, que sabia toda a verdade, mas não podia contar com medo de perder tudo o que havia conquistado.

Um certo dia, ao ver Helena indo visitar a chácara que a família possuía (a qual ela fazia visitas periódicas), Estácio decide segui-la. Chegando lá, ele encontrou Salvador, um senhor que morava em uma pequena casa ali próximo. Estácio então tirou satisfações sobre as visitas de Helena àquele lugar. Salvador então contou-lhe uma história, surpreendendo o jovem ao revelar que Helena na verdade era sua filha e não do Conselheiro, além de toda a verdade por trás de tudo.

Ainda no mesmo dia, Helena, após uma chuva forte, fica muito doente, à beira da morte. Estácio, totalmente apaixonado por ela, resolve ir cuidar da sua amada e lhe faz uma declaração. Momentos depois, ela morre.

Personagens principais

  • Conselheiro Vale, que deixa a herança para Helena;
  • Helena, a protagonista da história;
  • Estácio, suposto meio-irmão de Helena, pela qual se apaixonou;
  • D. Úrsula, a irmã do Conselheiro;
  • Eugênia, que era apaixonada por Estácio;
  • Salvador, o verdadeiro pai de Helena.

Recomendar:

Comentários

Sobre o autor

Gabriel Oliveira

SiteTwitterFacebook