Principais sintomas da Fobia Social


Sintomas da fobia social

Saiba quais os principais sintomas da fobia social e os principais métodos de tratamento. | Foto: Reprodução

A fobia social, conhecida no meio médico como Transtorno da Ansiedade Social, é caracterizada por uma forte ansiedade que ocorre quando o indivíduo é submetido à avaliação ou pressão de outras pessoas. Entretanto, mesmo ocorrendo de forma generalizada, ela não afeta todas as funções desempenhadas por uma pessoa, geralmente é concentrada em uma determinada circunstância ou tarefa.

Não que a timidez seja um tipo de fobia social. Em alguns casos, ela até nos ajuda a passar por diversas situações. Mas essa timidez pode passar a se tornar um problema quando ela passa a atrapalhar o convívio social do indivíduo, como por exemplo: não concluir os estudos por conta de algum trabalho que exige apresentação ao restante dos alunos, não frequentar shoppings ou locais afins, por achar que vai ser vítima de olhares alheios sem nenhum motivo aparente, entre outros casos.

Diagnóstico

Para que seja feito um diagnóstico de fobia social, é necessário que o paciente que a possui apresente a ansiedade mencionada anteriormente em algumas circunstâncias. Quando ocorre eventualmente para as mesmas situações, como é o caso de escrever sendo observado, descarta o quadro de fobia social, isso por que o fóbico sente-se tão incomodado ao perceber que alguém o está observando escrevendo, que ele simplesmente não consegue realizar essa tarefa.  Quando ocorre uma crise de fobia social, os aspectos são muito semelhantes às de um ataque de pânico.

Sintomas da fobia social

Os sintomas da fobia social não são típicos somente desse problema. Eles são os mesmos que ocorrem nas demais manifestações de transtornos de ansiedade. O que diferencia o problema em questão dos outros, é que os sintomas ocorrem ativamente quando o indivíduo é submetido à observação de outras pessoas enquanto realiza alguma tarefa, como por exemplo, assinar um cheque. Quando isso ocorre, o fóbico social pode apresentar:

  • Sudorese excessiva;
  • Dificuldade de falar;
  • Tremores;
  • Diarreia;
  • Dificuldade de respirar;
  • Sensação de “bolo na garganta”;
  • Dores e mal estar abdominal;
  • Tontura;
  • Vontade incontrolável de sair correndo do local onde se encontra.

Existe também a chamada ansiedade por antecipação, que ocorre quando o fóbico pensa em uma situação futura que o faz apresentar os sintomas acima mesmo sem passar por um fato real.

Tratamento

O tratamento da fobia social deve ser prescrito e acompanhado por um médico psiquiatra e consiste, na maioria das vezes, no uso de medicamentos como antidepressivos, clonazepan e inibidores da rematação da serotonina. Essa forma de tratamento apresenta resultados de cura entre 70% e 90%. São raros os casos em que há uma melhora de 100% do quadro de fobia social, mas a maioria chega bem próxima de tais resultados.