Principais motivos da Primeira Guerra Mundial, a Grande Guerra

grande guerra mundial

A supremacia econômica entre os países europeus, aliada a política imperialista – uma política que visa expansão econômica e política – gerou diversas crises entre os grandes países.

Os principais países envolvidos nesta disputa eram Inglaterra, França e Alemanha.

Principais motivos da Primeira Guerra Mundial:

  • Conflito franco-alemão: a França estava descontente por ter perdidos as terras da Alsácia e Lorena para a Alemanha na Guerra Franco-Prussiana. Ela ansiava por uma revanche.
  • Conflito anglo-germânico: a Inglaterra temia perder sua hegemonia na Europa para a Alemanha, que vinha crescendo muito após suas unificação em 1871.
  • Movimentos nacionalistas: estes movimentos defendiam que povos de mesmas raízes culturais deveriam ser unificados num estado só.Vale destacar o Pangermanismo: onde a Alemanha queria a anexação de territórios habitados por povos de origem alemã; e o Pan-eslavismo: a Rússia desejava a união de todos os povos eslavos, incluindo os sérvios.
  • Conflito dos Balcãs: após a Áustria anexar a região da Bósnia-Hezergóvina, a Sérvia e a Rússia começaram a fomentar uma revolução nacionalista no local.

O estopim da Grande Guerra que durou de 1914 a 1918:

O ponto chave que deu início a Primeira Guerra Mundial foi o assassinato do imperador austríaco Francisco Ferdinando (julho de 1914) em Saravejo, Bósnia, por um estudante sérvio.

Formação das alianças para a Grande Guerra:

Tais conflitos separaram os países em:

  • Tríplice Aliança:  Alemanha, Áustria e Itália.
  • Tríplice Entente: Inglaterra, França e Rússia.

Fora estas potencias haviam outros países aliados.

Um deles, que foi peça importante no desfecho de guerra, foi os EUA, que praticamente deram a vitória da guerra à Tríplice Entente.

Recomendar:

Comentários

Sobre o autor

Redação

SiteTwitterFacebook