Platibandas – fotos


Uma cidade possui muitos patrimônios arquitetônicos. São prédios históricos, casarões centenários, museus e até restaurantes que viram cartões postais devido a sua história e importância.

Nas cidades do interior, sobretudo do Nordeste do Brasil, existem umas construções que, muitas vezes, não recebem destaque, porém, não são menos convidativas. São as platibandas.

Platibandas são construções arquitetônicas na forma de faixas horizontais que emolduram a parte superior de uma edificação. Sua função é ajudar no escoamento das águas das chuvas e evitar que elas sejam jogadas diretamente na rua.

Elas também possuem vários estilos, modificados ao longo dos anos. Quando chegou ao Brasil no final do século XIX e início do século XX, sofriam influências européias, com estilos neoclássicos e barrocos, além de contribuírem com a decoração do imóvel, com a utilização de pinhões em porcelana, cimentos e até esculturas.

Porém, com o passar dos anos e a ajuda de alguns movimentos culturais e artísticos, como as figuras geométricas cubistas do espanhol Pablo Picasso e do francês Georges Braque no Mundo, no Brasil a Semana de Arte Moderna, em 1922, com Tarsila do Amaral e também as linhas discretas da nova Capital Federal – Brasília, em 1956, uma nova influência arquitetônica se apresentou. E as platibandas foram sendo modificadas e ganharam as formas mais geométricas, linhas retas, mais no estilo norte-americano, o clean.

O que mais admira os urbanistas e arquitetos, é que essas construções nasceram, na sua maioria, de forma intuitiva, feitas por pedreiros que muitas vezes, não possuíam nenhuma instrução artística ou estética.

Outra característica das platibandas que chama a atenção e reforça a importância cultural são as cores. Elas costumam ser bem coloridas e, juntas, chamam muito a atenção de que, por ventura, pode estar de visita a uma cidade que as possui.

Fotos de construções que utilizam o estilo dasplatibandas:

Platibandas

Platibandas

Platibandas