Personal Friend: contrate um amigo e seja feliz


Ilha

Uma amiga minha (Taiça Andrijic) disse-me que o meu blog é uma porcaria, que eu sei apenas falar mal das coisas. Aproveitei a chance pra dizer que eu poderia falar bem de alguém: dela. Esta cantada não deu certo, ela me deu um fora. Tissit! Deixa pra lá…

O fato é que vou falar bem de algo hoje, ou pelo menos não falarei mal.

Decerto você já ouviu falar em Personal Trainner, computer, stylist. Agora, você já ouviu falar em personal friend?

Eu nunca tinha nem imaginado que alguém pagaria para ter a companhia – só a companhia  – de uma pessoa.

Estes profissionais que vendem amizade dizem que há muitas pessoas interessadas em um ombro amigo, que vá recriminá-las se preciso, mas mesmo assim amigo.

Eles cobram em média duzentos contos/hora aos seus clientes e, garantem que a satisfação do consumidor é garantida.

O preço é bem alto se agente for levar em conta outras opções de investimentos. Uma boa opção seria contratar os serviços de uma acompanhante. Loira ou morena, baixa ou alta. E ainda receberíamos um “Foi bom pra você?” no fim do serviço.

Eu escolheria a segunda opção, mesmo assim dou os parabéns aos que inventaram este novo ramo.

Muita criatividade e perspicácia destes brasileiros, sempre achando formas de ganhar dinheiro sem fazer nada.