Papéis de parede e hino do Santa Cruz

Falar do tricolor pernambucano é como falar de uma seleção. Isso pode ser comprovado a cada jogo que o time disputa, pois ganhando ou perdendo a torcida coral lota os estádios. Fato esse bem parecido com disputas mundiais envolvendo grandes seleções.

Em plena série D do campeonato brasileiro que o time disputou em 2011, o tricolor liderou uma lista de 100 clubes que disputam as séries A, B, C e D do brasileirão, com média de mais de 33 mil torcedores por partida. Público superior a clubes como Corinthians e Flamengo. Portanto, com 98 anos de fundação, o santa não possui uma das maiores torcidas por acaso, o clube deve isso a uma história gloriosa dentro do futebol nacional.

Papeis de parede

Papel-de parede inferno coral

Pape de parede do Santa Cruz

Hino Oficial do Santa Cruz Futebol Clube

Nos anais, nos calendários
Fiquem sempre por lembrança
Teus lauréis extraordinários
De bravura e de pujança
Nos esportes tua história
É orgulho a que faz jus
Este símbolo de glória
Que é teu nome Santa Cruz

Uma voz proclama e canta
É a voz das multidões
Santa Cruz, querido Santa!
Campeão dos campeões

Esta multidão tamanha
Gente pobre que te aclama
Lembra o ouro que se apanha
Nos cascalhos e na lama
Esse ouro é sangue, é vida
É delírio, raça, e amor
A bandeira tão querida
A bandeira tricolor

+ Clique aqui para baixar esta música (http://www.coralnet.com.br/downloads/hino_oficial.mp3).

Histórico do tricolor pernambucano

Fundado em 03 de fevereiro de 1914, o Santa Cruz Futebol Clube tem no seu currículo, 25 títulos estaduais dentre os quais estão três grandes conquistas do pernambucano, em que o time deu o nome de Tri-Super Campeão. Finalista da elite do brasileiro de 1970, o santa nasceu da união de onze amigos que jogavam futebol no pátio da Igreja de Santa Cruz, no bairro da Boa Vista, no Recife. Na época, como ainda não existia campo de futebol, o pátio da igreja servia de palco para as partidas do grupo.

A primeira comissão diretora do clube foi formada por José Luiz Vieira, presidente; Quintino Miranda Paes Barrreto, vice; Luís de Gonzaga Barbalho, primeiro secretário; e Orlando Elias dos Santos, diretor de futebol.

Triunfos que marcaram época no santa

  • O primeiro jogo oficial do tricolor em 1914 teve como opositor o Rio Negro, o santa venceu o jogo por 7×0.
  • Em 1917, após estar perdendo pelo placar de 5×1 para o América, o santa vira o jogo em quinze minutos e vence o adversário por 7×5.
  • No ano de 1919, o santa foi o primeiro time do norte-nordeste a vencer um clube do eixo sul-sudeste. A vitória foi sobre o Botafogo do Rio, por 3×2.
  • 1931: ano em que o Santa Cruz conquistava o primeiro dos 25 títulos estaduais.
  • Já em 1970, era inaugurado o estádio José do Rego Maciel, o Arruda.
  • 1975: o santa faz uma das maiores campanhas na elite do futebol nacional, chegando as semifinais do campeonato brasileiro.
  • Em 1980, o time conquista a ‘Fita Azul’, título concedido pela CBF ao Santa Cruz, pelo fato do time ter realizado uma série de jogos em excursão por países do exterior e não ter perdido nenhuma partida.
  • Nos anos de 1993 e 1995 o tricolor conquista mais dois campeonatos pernambucano.
  • Enquanto que em 1999, o time coral celebrou sua volta à serie A do brasileirão.
  • Em 2003, o santa disputa o Torneio Vinausteel, no Vietnã. E vence a competição de forma invicta.
  • 2005: ano em que o clube novamente retorna à elite do campeonato brasileiro.
  • Já em 2011, o time torna-se campeão pernambucano. No mesmo ano, o clube consagra-se vice-campeão da série D do brasileiro. Celebrando então, sua classificação para a série C de 2012.

Recomendar:

Comentários

Sobre o autor

Redação

SiteTwitterFacebook