Oração para São Bento


Oração para São Bento

Oração para São Bento | Imagem: Reprodução

Biografia

Benedetto da Norcia (conhecido popularmente como São Bento) nasceu no ano 480 e foi um monge italiano. Ele fundou uma das maiores ordens monásticas do planeta, a Ordem dos Beneditinos, que foi a primeira a iniciar com o movimento monacal.

Segundo escrituras redigidas por monges que conheciam São Bento, ele era filho de um romano muito nobre e começou a estudar na região de Núrsia. Alguns anos depois, foi para Roma, onde estudou filosofia e retórica, mas passou pouco tempo na cidade, por considerá-la decadente moralmente. No ano 500, vai embora de Roma e dirige-se a Enfide, onde começou a viver como eremita, morando em uma gruta.

Depois de viver na gruta por três anos, orando e sacrificando-se, alguns pastores que passavam por ali o encontraram e divulgaram para todos a fama de São Bento. A partir daí, começou a receber visitas de pessoas que necessitavam de conselhos espirituais. Pouco tempo depois, virou abade de um mosteiro no norte da Itália. Lá, ele fazia com que os monges vivessem em um regime de vida bastante exigente, o que fez com que alguns deles tentassem envenená-lo.

Colocaram veneno em sua taça de vinho, mas no momento em que ele deu a bênção a todo o alimento, uma serpente saiu dessa taça, quebrando-a em vários pedaços. Após esse acontecimento, ele decide deixar o mosteiro e voltar ao modo de vida solitária que tinha antes.

No ano de 503, ele começa a receber vários discípulos, e monta uma dúzia de mosteiros. Já em 529, ele se muda para Monte Cassino, por conta da inveja rancorosa de Florêncio, seu sacerdote. Lá, ele abre um mosteiro, onde logo depois fundaria a Ordem Beneditina. Foi nessa mesma época que Florêncio lhe manda um pão envenenado de presente. São Bento imediatamente dá o alimento a um corvo e ordena que ele o leve para o mais longe possível, para que nunca possa ser encontrado. Quando já estava partindo para Monte Cassino, Florêncio sentiu-se vitorioso e foi olhar seu inimigo indo embora pelo terraço, que em seguida ruiu, matando Florêncio.

Em 547, ele avisou aos seus discípulos que abrissem uma sepultura, pois ele iria morrer. Seis deias depois de ter anunciado, ele morre. Alguns dias antes, Escolástica, sua irmã gêmea, também havia falecido.

Santificação

Segundo as tradições cristãs, São Bento foi santificado pelo fato de:

  • Ter conseguido vencer duas ciladas que o Diabo lhe armou (o cálice de vinho e o pão envenenado);
  • Sofreu e suportou várias vezes a tentação de Satã;
  • Foi ofendido e humilhado diante de todos pelo seu inimigo.

Ele vencia o inimigo usando o sinal da cruz e a Cruz Medalha, que continha uma oração. A mesma é até hoje usada em pingentes pelos seus fiéis.

Oração para São Bento

Ó glorioso Patriarca São Bento, que vos mostrastes sempre compassivo com os necessitados, fazei que também nós, recorrendo à vossa poderosa intercessão, obtenhamos auxílio em todas as nossas aflições, que nas famílias reine a paz e a tranquilidade; que se afastem de nós todas as desgraças tanto corporais como espirituais, especialmente o mal do pecado. Alcançai do Senhor a graça (fazer o pedido) que vos suplicamos; finalmente, vos pedimos que ao término de nossa vida terrestre possamos ir louvar a Deus convosco no Paraíso. Amém.