O que significa sonhar com demissão?

O que significa sonhar com demissão?

O que significa sonhar com demissão? Veja detalhes e interpretações para este sonho. | Foto: Reprodução

Durante a carreira de uma pessoa, vários altos e baixos acontecem. Promoções são bem aceitas e motivos para felicitações enquanto demissões nem sempre são encaradas da forma positiva, afinal as mudanças súbitas tendem a apresentarem uma influência negativa para as pessoas, na maioria das vezes. No caso da demissão, existem lados positivos também, pois pode indicar um novo começo que pode ser um bom caminho para o indivíduo. Devido ao medo de ser demitido ou ao estresse pós-demissão, algumas pessoas acabam tendo seus sonhos invadidos pela temida carta de demissão. A seguir, confira uma lista com os possíveis significados para este sonho perturbador.

Significados de sonhar com demissão

  • Se você estiver entregando a sua própria demissão é sinal de estima no ambiente de trabalho, os seus colegas gostam de você e o admiram;
  • Ter outra pessoa entregando sua demissão indica que num futuro não muito distante haverá melhorias em sua vida;
  • Sonhar vendo outra pessoa sendo demitida denota que você irá receber notícias desagradáveis;
  • Sonhar pedindo demissão de algum cargo pode indicar que em breve você estará trabalhando para outra empresa;
  • Ao pedir suas contas, tome o sonho como um estímulo na sua carreira profissional;
  • Ser demitido significa que as coisas mudarão para melhor em sua vida, tanto no âmbito profissional como no pessoal.

Os sonhos e a psicanálise

Durante anos os sonhos passaram por estudos na psicologia e na psicanálise, que visavam entender por que durante o sono é possível ver uma sequência de imagens estáticas ou em movimento, até mesmo como se fossem reais. Seguindo por caminhos separados, a psicologia decidiu se dedicar a desvendar o funcionamento do sono e a psicanálise em desvendar o fenômeno do sonho. Cientistas afirmam que dormir é sonhar e sonhar é uma necessidade neurofisiológica de todos os seres humanos, ou seja, todas as pessoas sonham, mesmo que não consigam lembrar-se de tal acontecimento. Para o pai da psicanálise, Sigmund Freud, os sonhos são divididos em dois sentidos: o manifesto e o latente. Respectivamente significam a fachada e o real significado daquilo que se sonhou, por exemplo, sonhar que pediu demissão pode parecer algo ruim, mas na verdade pode indicar uma boa mudança na vida do sonhador. Já para o psiquiatra suíço Carl Jung, os sonhos não são somente desejos reprimidos, mas sim uma ferramenta da psique em busca de equilíbrio. De certa forma, os sonhos podem ser interpretados, sendo bons ou ruins, estranhos ou lógicos.

Recomendar:

Comentários

Sobre o autor

Nayla Georgia

SiteTwitterFacebook