O b@r@to pode sair c@ro


Notebook Hp, barato até de mais para o meu gosto

Quem nunca saiu perdendo numa compra online? Eu já. Um dia inventei de comprar um cd pela internet e até hoje espero este tal cd. Depois disto comecei somente a comprar em sites famosos como Submarino, Americanas, Saraiva e etc.

Passeando pelo Buscapé, do qual eu já fui parceiro; vi um anúncio utópico: notebook Hp/ 2GB memória / 120 Gb HD/ Core 2 Duo/ DVD, tudo isto por apenas R$3 mil. Cliquei na hora.

Ao ser redirecionado para o site da Stopplay comecei a analisar as configurações do notebook e de repente, outro susto: iPod Vídeo de 20Gb por R$200. Pensei: “Caramba! Achei o paraíso. Mas qual será a procedência destes produtos? Por que tantos descontos? Será que a loja entrou em falência e está liquidando o estoque?”.

Enfim, decidi comprar. Já que minha outra opção era um Amazon pelo mesmo preço só que com uma configuração muito abaixo.

No meio do caminho me lembrei da minha primeira experiância com o e-commerce e resolvi pesquisar um pouco sobre a loja. De começo levei em conta que o Buscapé não iria publicar em seu site propagandas de uma empresa LARÁPIA. Depois fui procurar no Ebit pra ver se a loja tinha o certificado deles, e ela não tinha. Aí já coloquei um dos pés para trás; então fui à seção do Buscapé onde há vários comentários dos próprios usuários do Buscapé sobre a empresa em questão (Stopplay). Esta seção de comentários é dividida em duas partes, numa há gente falando bem da loja e noutra há gente falando mal. O engraçado é que nas duas o povo estava “decendo o pau” na Stopplay, dizendo que produtos vieram errados, faltando acessórios, não chegaram. A única que falava bem era esta:

” nada é 100% inclusive uma loja q deve ter bastante pedidos…
demorou um mes, mas valew apena esperar, gostei da loja…
as vezes q eu procurei eles me responderam… infelizmente a cor do produto q eu pedi veio diferente, mas tudo bem… “.

Nada esclerecedora e por isto, depois dessa eu realmente decidi não comprar nessa loja o HP e sim comprar o Amazon na Americanas. Perderei em velocidade, qualidade e no ego, mas pelo menos não arriscarei perder R$3mil.

E a insatisfação que eu tinha para com os serviços do Buscapé aumentou. Eu já tinha mágoas (que gay) do tempo de afiliado e agora por esta de: “EU estou isento, vocês que se ferrem!” que há no “Termo de Uso” deles.

Numa primeira instancia realmente não dá pra eles saberem se a empresa que anuncia neles é ou não completamente honesta. Mas depois de uma fraude eles poderiam averiguar com o usuário insatisfeito e PARAR de anunciar os produtos de tal empresa.