Modelos de saias para magras e gordinhas


Além desta ser uma peça muito bonita, ela é ótima para tempos quentes.

Sabendo escolher o modelo ideal de saia para seu corpo e para a ocasião certa, você pode passar uma imagem de elegância, compostura e até de sensualidade.

O básico é: mulheres com pernas mais grossas devem usar saias mais compridas para evitar passar uma imagem de vulgaridade. Já quem possui pernas mais finas pode usare abusar das saias com comprimento acima dos joelhos.

Mas como escolher o modelo ideal de saia para mim?

Photobucket

Saia lápis ou saia longuete: é perfeita para mulheres altas e magras. Mulheres que possuem busto e quadril com medidas semelhantes podem abusar da saia lápis, principalmente o modelo de cós alto.

Photobucket

Saia godê: ótima para equilibrar os problemas de medidas. Quem possui ombros muito largos, quadris avantajados ou coxas muito grossas deve usar este modelo.

Photobucket

Saia evasê: ótima pedida para quem tem o quadril muito largo. Quem está acima do peso deve usar este modelo sem pregas e um pouco mais reto para evitar criar volumes.

Photobucket

Saia balonê: modelo preferido das meninas mais jovens. Mulheres altas devem usar a balonê até o joelho, já as baixas devem usá-la com comprimento na coxa. Ideal para mulheres magras, pois aumenta o quadril.

Photobucket

Saia plissada: ótima para festas e para ambiente de trabalho. Aumenta o quadril, por isto deve ser usada por magras.

Photobucket

Saia envelope: é um modelo simples: uma peça de pano enrolada ao corpo presa por um botão. Deve ser usada da seguinte forma: mulheres gordinhas devem usar a saia envelope dois dedos acima do joelho, as baixas devem usar uma versão mais curta.

Photobucket

Saia tulipa: não é indicada para quem tem seios e quadril volumosos, nem para quem está acima do peso.

Photobucket

Minissaia: na hora de usar esta peça deve-se ter muito cuidado para não parecer vulgar. Evite usar com sandálias de salto alto, blusas coladas ou decotadas. Combine com sandálias rasteiras, chinelos e sandálias baixas.