Literatura Barroca – características, autores e obras

literatura lirica

Momento histórico do surgimento da literatura barroca:

Ocorreu entre os séculos de XVI E XVII. Os quais foram marcados pelas disputas entre nações europeus e pelos conflitos religiosos que acabaram dividindo a igreja.

A arte barroca foi bastante influenciada pela Contra-Reforma, por isto era mais imperativa em países católicos.

Tantos conflitos geram reflexos nas artes, principalmente na pintura, que desenvolveu muitas formas carregadas de tensão e efeitos.

Literatura barroca:

Após o Renascimento o modelo barroco difundiu-se pela Europa, principalmente na Itália.

Desenvolveu-se durante este período a poesia metafísica, a prosa filosófico-moral, a narrativa e o teatro.

Dois típicos modos de produção literária foram Cultimos e Conceptismo, ambas oriundas da Espanha.

O Cultismo usa fortes recursos estilísticos e o Conceptismo visa à  agudeza de expressão.

Em síntese a literatura barroca tornou-se artificial e refinada.

Autores da literatura barroca:

  • Miguel Cervantes, autor de “Dom Quixote de la Mancha”.
  • Lope de Vega, autor de “Pastores de Belem”.
  • Gongora.
  • Thoma Crew.
  • John Donne.

Principais características da literatura barroca:

  • Homem movido pela fé.
  • Teocentrismo.
  • Extravagância.
  • Paradoxos.
  • Depressão vital.
  • Rebuscamento.
  • Salvação da alma.

Recomendar:

Comentários

Sobre o autor

Redação

SiteTwitterFacebook