L-Carnitina: o que é (benefícios: perder peso e emagrecimento)


L-Carnitina

Hoje em dia esta muito na moda o uso de suplementos emagrecedores. Porém nenhum deles faz milagres, é preciso associa-los a atividades físicas frequentemente.

No mercado existem vários desses suplementos, e um exemplo é a L-Carnitina.

Ele basicamente é formado por dois aminoácidos, metionina e lisina que se sintetiza no fígado e acelera o metabolismo causando uma maior queima de gordura.

Conduz os ácidos de cadeias longas para a parte interna das mitocôndrias para que assim sejam usadas como fonte de energia.

Além de servir para o emagrecimento, ele faz com que a gordura seja aproveitada como fonte energética, poupando o glicogênio muscular, prolongando a fadiga muscular. Também previne problemas cardiovasculares porque diminui a concentração de triglicerídeos.

Embora ela seja natural, produzida pelo próprio corpo, ela pode ser consumida através de comprimidoss, forma líquida ou através de alimentos. Pode ser encontrado também na proteina animal. Esse suplemento não é muito conhecido, infelizmente, pois muita gente o deixa passar despercebido e perdem a oportunidade de complementar a sua dieta.

Como a L-carnitina é encontrada em carnes, muitos vegetarianos deixam de consumi-la, Por isso eles necessitam de grandes quantidades desse suplemento para supri o défice dessas proteínas animais.

O processo de produção da carnitina acontece por meio da Lisina, da Vitamina C, da Metionina, Vitamina B6, Vitamina B3 e do Ferro. Ela não é produzida em grandes quantidades. Portanto para uma melhor desempenho das suas funções é importante o consumo por meio de suplementos.

Seu uso não tem contra indicação, pois ela não e toxica. Osadultos em sua maioria consomem cerca de 50 mg por dia em uma alimentação saudável, sendo que não é muito suficiente.

Tem como função principal servir de meio de transporte da gordura corporal, junto com a pela beta-oxidação. O défice exagerado dessa substancia pode causar hepatite, o aumento de tecido adposo e causa problemas no sistema neurológico. Esses problemas podem ser evitados através da ingestão da L-Carnitina, adicionar ela a sua dieta é essencial.

O colesterol (HDL) também é aumentado através da L-Carnitina, ajudando a manter as artérias livres de gorduras. O que também pode ajudar a diminuir a pressão arterial.

Fontes de Informações

desportoesaude.com/l-carnitina-como-funciona/

saudedesportiva.blogspot.com/2010/04/l-carnitina-por-que-devo-consumir-este.html