História do povo Mesopotâmio


mesopotamia

Monumento babilônico onte estão escritas as leis de Hamurabi

A Mesopotâmia é uma região que fica entre os rios Tigre e Eufrates (no atual Iraque) (“Mesopotâmia” é um termo grego que significa “entre rios”).

Tais rios eram muitos importantes para a sobrevivência da população que lá habitava, assim como no Egito.

Entre 4.000 a 1.900 a.C. esta região foi habitada pelo povo sumério.

Eles criaram diversas cidades-Estado na região, sendo que cada uma possuía autonomia perante as outras.

As cidades ficavam sempre em busca de hegemonia, por isto havia muitas guerras.

As mais importantes cidades-Estado eram Ur, Urk e Nippur.

Foram os sumérios que inventaram a escrita cuneiforme. Nela as palavras eram grafadas em barro mole por uma pequena cunha e depois eram postas para secar no sol.

De 1.900 a 1.200 a.C. a Mesopotâmia foi dominada pelos Babilônios.

Os Babilônios eram semitas, ou seja vinham da península arábica. Eles tiveram grande destaque na Astronomia e na Matemática. Também foram responsáveis por criar o primeiro código de leis da humanidade, o Código de Hamurabi.

Uma das principais leis era a Lei de Talião, que dizia “Olho por olho, dente por dente”.

Entre 1.200 e 612 a.C. a região norte da Mesopotâmia foi habitada pelos Assírios.

Os Assírios também eram semitas. Eles possuíam uma política expansionista muito agressiva, utilizandpo-se do terror contra os povos de seus novos domínios.

O império dos assírios caiu quando Nínive foi tomada pelos caldeus em 612.

De 612 a 539 a.C. os Caldeus dominaram a Mesopotâmia.

Os caldeus eram semitas. Eles utilizaram a Babilônia como a capital do império deles.

O apogeu do segundo império da Babilônio se deu sob o governo de Nabucodonosor, porém durou muito pouco, pois em 539 a.C. os persas invadiram a região.