História Antiga – Período Grécia Pré-Helênica


Grécia Antiga

O Período Clássico da história Grega é marcado pela ascensão do imperialismo e a hegemonia das duas maiores cidades gregas: Atenas e Esparta.

A partir do século VII Atenas começou a se desenvolver de forma incomum. Isto no âmbito econômico, ampliando suas relações comerciais a parir do Porto de Pireu e com a escravidão que trabalhava principalmente na produção agrícola.

Por causa da constante luta entre as classes sociais, acabou-se criando a democracia, que beneficiou as camadas mais populares, principalmente os mercadores, pequenos proprietários e artesãos. Isto deu estabilidade a política da cidade, o que favoreceu a consolidação definitiva da democracia.

Outro fator que contribuiu para o desenvolvimento e Atenas foi a guerra contra os persas, que resultou em mais riquezas para a cidade, que produzia mais, gerou empregos, equilibrou a economia e impôs seu domínio a vários outras cidades gregas.

O século de Péricles:

Ele governou Atenas durante 30 anos (de 461 a 431 a.C.). Representava o Partido Popular e era um adepto da política democrática escravista.

Em seu governo ele instituiu a remuneração daqueles que ocupavam cargos públicos, realizou várias obras (o que gerou muitos empregos) e estimulou o desenvolvimento intelectual e artístico.

O desenvolvimento da economia de Atenas era baseada principalmente no trabalho escravo e no expansionismo territorial, o que obrigou o governo a manter seu exercito a postos mesmo em longos períodos sem guerras.

A postura imperialista ateniense serviria ao ideal pan-henístico defendido por Péricles. Para o líder ateniense, as cidades deveriam se reunir em um congresso para tratar de assuntos comuns, como a reconstrução de templos ou o combate à pirataria. No entanto esse ideal não foi concretizado, pois as intensas lutas existentes serviram para reforçar a histórica separação das cidades, culminando com a Guerra do Peloponeso, envolvendo praticamente todas as cidades gregas, polarizadas entre Atenas e Esparta.