Frases de Mário Quintana


Frases de Mário Quintana

“Sonhar é acordar-se para dentro”. Conheça essa e mais algumas frases de Mário Quintana. | Foto: Reprodução

Nascido no dia 30 de julho de 1906, na cidade de Porto Alegre, Mário de Miranda Quintana foi um tradutor, jornalista e grande poeta brasileiro. Por três vezes concorreu a uma vaga na Academia Brasileira de Letras, mas veio a perder. Foi então convidado pessoalmente pelos membros da ABL a concorrer por uma quarta vez, mas recusou. Disse que a Academia estava muito “politizada” e participar dela apenas iria atrapalhar sua criatividade, já que ele teria alguns deveres a cumprir como dar seu voto para escritores e ler mensagens para celebridades.

Biografia

Suas primeiras produções literárias a serem publicadas foram aos 13 anos idade. Ele trabalhou por algum tempo para a Editora Globo, e depois passou um tempo ajudando o pai a cuidar de sua farmácia. Durante praticamente toda a sua vida, ele trabalhou como jornalista, tendo um estilo literário bastante aclamado, por ser marcado pela perfeição técnica e profundidade, além do toque de ironia. Durante sua vida, ele traduziu mais de 130 obras da literatura mundial, como por exemplo, Em Busca do Tempo Perdido, de Marcel Proust.

Ele tornou-se colunista do jornal Correio do Povo no ano de 1953, onde escreveu uma coluna que era publicada todos os sábados, até o ano de 1977, quando ele saiu do jornal. Seu primeiro livro de poesias foi lançado em 1940 e chama-se A Rua dos Cataventos. A partir deste livro ele iniciou sua carreira de escritor, poeta e autor infantil. Em 1966, ele publicou mais um livro de poemas chamado Antologia Poética.

Em seu aniversário de 70 anos, Mário foi saudado na Academia Brasileira de Letras por Manuel Bandeira, que recitou um poema de sua autoria chamado Quintanares, que ele escreveu em homenagem a Mário. No mesmo ano ele ganhou um prêmio de melhor livro do ano da União Brasileira de Escritores. Em 1980, ele recebeu da Academia Brasileira de Letras o prêmio Machado de Assis, pelo conjunto de sua obra. Veio a falecer no dia 5 de maio de 1994.

Frases de Mário Quintana

  • “A amizade é um amor que nunca morre.”
  • “Tão bom morrer de amor e continuar vivendo.”
  • “Há 2 espécies de chatos: os chatos propriamente ditos e … os amigos, que são os nossos chatos prediletos.”
  • “O tempo não pára! Só a saudade é que faz as coisas pararem no tempo…”
  • “O segredo é não correr atrás das borboletas… É cuidar do jardim para que elas venham até você.”
  • “A modéstia é a vaidade escondida atrás da porta.”
  • “Não deixe de fazer algo que gosta devido à falta de tempo; a única falta que terá, será desse tempo que infelizmente não voltará jamais.”
  • “O mais feroz dos animais domésticos é o relógio de parede: conheço um que já devorou três gerações da minha família.”
  • “Quem não compreende um olhar tampouco entenderá uma longa explicação.”
  • “O verdadeiro analfabeto é aquele que sabe ler, mas não lê.”