Frases de Maquiavel do livro “O Príncipe”

nicolau maquiavel

O Príncipe” é o principal livro de ciência política que há.

Ele foi criado pelo político italiano Nicolau Maquiavel no século XV.

Seu conteúdo trata das atitudes que um líder político precisa possuir, como o de ser justo, de buscar o apoio do povo, de não ser bondoso toda hora, entre outras.

Leia algumas frases retiradas desta obra e reflita:

Há três espécies de cérebros: uns entendem por si próprios; os outros discernem o que os primeiros entendem; e os terceiros não entendem nem por si próprios nem pelos outros; os primeiros são excelentíssimos; os segundos excelentes; e os terceiros totalmente inúteis.

Todos vêem o que pareces, poucos percebem o que és.

Eu creio que um dos princípios essenciais da sabedoria é o de se abster das ameaças verbais ou insultos.

Quanto mais próximo o homem estiver de um desejo, mais o deseja; e se não consegue realizá-lo, maior dor sente.

Nunca foi sensata a decisão de causar desespero nos homens, pois quem não espera o bem não teme o mal.

O primeiro método para estimar a inteligência de um governante é olhar para os homens que tem à sua volta.

As injúrias devem ser feitas todas de uma só vez, a fim de que, saboreando-as menos, ofendam menos: e os benefícios devem ser feitos pouco a pouco, a fim de que sejam mais bem saboreados.

Tornamo-nos odiados tanto fazendo o bem como fazendo o mal.

Os homens prudentes sabem sempre tirar proveito dos atos a que a necessidade os constrangeu.

Estou convencido de que é melhor ser impetuoso do que circunspecto, porque a sorte é como a mulher; e, para dominá-la, é necessário bater nela e contrariá-la.

Recomendar:

Comentários

Sobre o autor

Redação

SiteTwitterFacebook