Frases de José de Alencar


Frases de José de Alencar

“A ocasião faz o homem”. Confira essa e outras frases de José de Alencar, um dos maiores escritores brasileiros. | Foto: Reprodução

Jornalista, advogado, dramaturgo, político e romancista brasileiro, José de Alencar foi um dos maiores representantes literários da corrente indianista. Ganhou esta posição de destaque graças a dois de seus grandes romances, Iracema, Ubirajara e O Guarani, ambos retratando índios como personagens principais. O próprio Machado de Assis o convidou para ocupar a cadeira 23 na Academia Brasileira de Letras.

Biografia

Nascido no dia 1 de maio de 1829 no Ceará, ele viveu por lá até aproximadamente os 11 anos de idade, quando sua família mudou-se para a capital do Império, que na época era o Rio de Janeiro. Estudou no Colégio de Instrução Elementar e no ano de 1846 ele deu início aos estudos na Faculdade de Direito de São Paulo. Na mesma época, ele foi responsável pela fundação da revista Ensaios Literários, onde ele publicava artigos e algumas de suas histórias.

Após se formar em 1850, ele iniciou sua carreira no Correio Mercantil como folhetinista. Começou a publicar os seus romances, como Cinco Minutos e A Viuvinha, mas foi só após a publicação de O Guarani em 1857 que ele começou a ser reconhecido por seu trabalho como escritor.

Em 1859 ele ingressou no Ministério da Justiça, tornando-se secretário e mais tarde consultor. Em 1860, elegeu-se deputado estadual do Ceará, filiado ao partido conservador do Brasil Império. No ano de 1868, ele ocupou o cargo de Ministro da Justiça, onde permaneceu até 1870. Candidatou-se ao senado do império, mas não foi escolhido por D. Pedro II pelo fato de ainda ser muito jovem para o cargo.

Em 1872, nasceu o seu filho Mário de Alencar. Ele adquiriu uma grave doença, e passou algum tempo viajando pela Europa em busca de um médico que pudesse curá-lo, mas foi uma tentativa sem sucesso. Regressou ao Rio de Janeiro, aonde morreu de tuberculose em 1877, aos 48 anos de idade. O próprio Machado de Assis compareceu ao enterro deste grande homem, representando então a grande perda para a literatura e política do Brasil.

Existe uma estátua no Rio de Janeiro em homenagem a este grande homem, além de uma praça e um teatro no Ceará que receberam o mesmo nome do escritor.

Frases de José de Alencar

  • “É na idade da ambição que se prova a temperamento dos homens.”
  • “O amor sem esperança não tem outro refúgio senão a morte.”
  • “A honra não consiste em vanglórias que insufla a vaidade; e sim no íntimo contentamento de si mesmo, que é a seiva robusta de que se nutre a sua existência.”
  • “Quem não espera vencer, já está vencido.”
  • “A dúvida agita-se no seio da fé mais profunda, o receio no âmago da esperança mais risonha. As flores do coração, como as da natureza, têm um verme que as babuja.”
  • “Amar é comprazer-se na perfeição.”
  • “O elogio é um meio muito usado, mas sempre novo, de render a vaidade.”
  • “A ocasião faz o homem.”
  • “A mulher é uma flor que se estuda, como a flor do campo, pelas suas cores, pelas suas folhas e sobretudo pelo seu perfume.”
  • “Há quem pense que nada se move neste mundo sem licença da mulher. Do mais não sei; mas de guerra posso afirmar que nunca as houve, nem é possível haver, quando o não queira a soberana saia.”