Frases de Che Guevara


Frases de Che Guevara

Foto: Reprodução

Frases do revolucionário Che Guevara

  1. “As amizades que se fundam a partir do interesse, por interesse terminam.”
  2. “Se você é capaz de tremer de indignação a cada vez que se comete uma injustiça no mundo, então somos companheiros.”
  3. “Ser jovem e não ser revolucionário é uma contradição genética.”
  4. “Os poderosos podem matar uma, duas ou três rosas, mas jamais conseguirão deter a primavera inteira.”
  5. “Lutam melhor os que têm belos sonhos.”
  6. “Se você é capaz de tremer de indignação a cada vez que se comete uma injustiça no mundo, então somos companheiros.”
  7. “Não quero nunca renunciar à liberdade deliciosa de me enganar.”
  8. “O importante não é justificar o erro, mas impedir que ele se repita.”
  9. “Podem morrer as pessoas, mas nunca suas ideias.”
  10. “A farda modela o corpo e atrofia a mente.”

Biografia resumida

Nascido na cidade de Rosário – Argentina, no dia 14 de junho do ano de 1928, Ernesto Guevara de La Serna, tinha tudo para ser mais um aristocrata da sociedade, contudo, apesar de sua família pertencer à aristocracia, possuía ideais revolucionários e socialistas na veia. Ele estudou grande parte do ensino fundamental em casa com a sua mãe e na biblioteca da família havia obras de Lenin, Marx e Engels, nomes muito relevantes que acabaram sendo familiarizados com Guevara durante sua adolescência. No ano de 1947, Ernesto entra na Faculdade de Medicina de Buenos Aires e se forma alguns anos depois. Ao iniciar a década de 1950, juntamente com seu amigo Alberto Granado, resolve percorrer o continente americano de moto em uma aventura que somou mais de 10.000 km e acabou por mudar sua vida.

Da estrada para a guerrilha

Ao arriscar uma viagem de moto pela América, Che Guevara começa a tomar consciência da miséria em que vivia a maior parte da população dos países da América Central e do Sul. Diante de tanta injustiça, resolve lutar para que esse terrível estado de pobreza e indignidade fosse revertido. Em 1954, conhece no México os irmãos cubanos Raul e Fidel Castro, que organizavam um grupo guerrilheiro para derrubar o governo ditatorial em Cuba. Che acaba se tornando o médico da tropa, mas com o fim vitorioso da guerrilha, o argentino, que acabara se distanciando da medicina e aproximando-se do combate e liderança militar, recebe o título de mão direita de Fidel Castro no novo governo cubano, além de ser nomeado como Ministro da Indústria e depois como Presidente do Banco Nacional.

Revolução cubana

De início a revolução em Cuba não tinha caráter explicitamente socialista, porém a tentativa de controlar o governo cubano levou-o a se aproximar da União Soviética na época da Guerra Fria. As ideias do marxismo foram adotadas por Fidel Castro, que criou uma vertente latino-americana do stalinismo, logo, uma ditadura de um partido único sob a sociedade. Essa nova vida burocrática do regime de Cuba não foi muito bem adaptada a Guevara, que acreditava que toda a América deveria ser transformada. No ano de 1965 ele deixa a cidade e vai para um foco guerrilheiro na Bolívia e lá acabou preso e executado no ano de 1967 em outubro. Che Guevara inspira milhares de pessoas revolucionárias e suas ideias estão vivas para dar apoio às mentes revolucionárias da contemporaneidade.