Frases de Chapolin para Facebook, MSN e Orkut


Chapolin Colorado

Frases

Ao decorrer do programa, Chapolin falava várias frases que despertavam o riso e também a reflexão do público. Selecionamos algumas delas nesse artigo para você compartilhar em redes sociais como Facebook, Twitter, MSN ou Orkut. Vale a pena conferir!

  • “Fujam-no, ele está agarrando! “
  • “Sei que você sempre saiu na rua com essa cara, o que demonstra uma coisa… você é muito valente!”
  • “E os olhos como são? São azuis, um poucos esverdeados, talvez um pouco cinzentos, mas em compensação são bem negros.”
  • “Ou você me entrega esse retrato às seis da tarde, ou às seis e cinco você vai estar mais morto que a múmia de Tutancamon.”
  • “Se ele ousar dizer uma só palavra… É porque ele tem um vocabulário bem limitado.”
  • “Para entender o francês necessito de três coisas: que falem devagar, em voz alta e em português.”
  • “Já inventaram algo que dá pra atravessar as paredes. O quê? Porta!”
  • “Ele rico, eu pobre. Ele era inquieto, eu tranquilo. Ele era preguiçoso, eu estudioso. Eu era Pacífico, ele Atlântico.”
  • “Isso acontece com todos os cadáveres mortos.”
  • “Não tenho medo dos grandões de 2 metros e sim dos baixinhos que fazem cálculos difíceis.”
  • “Já dizia o velho refrão… Pau que nasce torto e te direi quem és!”
  • “Já diz o ditado: é melhor uma mulher nova, bonita e rica, do que uma velha, feia e pobre.”
  • “Cemitério? Aquele lugar onde estão os cadáveres dos mortos dos defuntos de quem já morreu?”

Conheça este super herói

Chapolin Colorado foi um programa de televisão que foi ao ar em vários países e ficou na história do humor mundial, sendo exibido até os dias de hoje em vários lugares. O personagem principal é um super herói, que possui o mesmo nome da dita série. Ele divertia os telespectadores com o seu jeito atrapalhado de ser e com suas piadas.

Chapolin era super covarde, burro e super mulherengo, o que levava a crer que não conseguiria fazer nada por ninguém. Entretanto, no desfecho de cada episódio, o público ficava impressionado como ele conseguia superar os seus medos e vencer os seus inimigos.

Sempre que o perigo surgia, os personagens sempre repetiam o mesmo bordão: “Oh, e agora, quem poderá nos defender?”, era nesse momento que Chapolin entrava em cena, sempre de forma desajeitada ou tropeçando em algo e respondia: “Eu!”. Para quem ainda não conhece, a característica principal do Chapolin era sua roupa vermelha, que cobria todo o seu corpo, com um coração no peito (onde haviam as iniciais do seu nome, as letras “CH”) e duas antenas (“Anteninhas de Vinil”), que pressentiam quando algum perigo ou criminoso estava por perto.

Além dessas habilidades, Chapolin ainda tinha algumas armas, como a Marreta Biônica (que nocauteava os seus inimigos e de alguma forma voltava para sua mão), a Corneta Paralisadora (o seu som paralisava no ar qualquer pessoa, quando eram dados dois toques nela, a paralisia era desfeita), e as Pílulas de Polegarina (que eram uns comprimidos que faziam Chapolin ficar com aproximadamente 20 cm de altura, o que facilitava chegar perto dos seus inimigos e destruí-los).