Diferenças entre glaucoma e catarata


CATARATA:

Olho com e sem catarata

É a opacificação do cristalino, que se situa atrás da pupila e isso impede que uma imagem nítida se forme sobre a retina. A catarata geralmente vai se instalando aos poucos, lentamente, tornando difícil a sua percepção pela pessoa portadora. Somente quando a opacidade atinge a porção mais central do cristalino a visão se torna enfumaçada e borrada, conforme avança, a catarata vai comprometendo a visão, chegando ao ponto de ser possível apenas a percepção de luzes.

A causa mais frequente é a idade, a partir dos quarenta anos, já podem surgir as chamadas cataratas senis. Mas existem vários tipos de catarata, inclusive causadas por medicamentos como corticóides em colírios, que também podem causar glaucoma

GLAUCOMA:

Olho com e sem glaucoma

É a elevação da pressão interna do olho. O humor aquoso, líquido responsável pela nutrição de algumas estruturas do olho, deve ser drenado após cumprir sua função, de forma contínua, através de determinados canais que, se forem bloqueados por qualquer motivo, represam este líquido aumentando a pressão intraocular, prejudicando o nervo óptico, comprometendo a visão de forma irreversível em longo prazo.

Existem diversos tipos de glaucoma, com diversas causas, entre eles glaucomas congênitos e  glaucomas mais raros como o Glaucoma de Ângulo Fechado.

Diferenças entre glaucoma e catarata:

No caso da catarata, podem aparecer sintomas como visão esfumaçada e borrada já no início, dependendo do grau de opacidade que atinge o cristalino, enquanto o glaucoma só apresenta algum sintoma em fases avançadas. E a diferença entre elas é que a catarata é reversível, ao contrário do glaucoma, que geralmente é descoberto quando parte ou toda a visão já está comprometida sem chance de cura.

Para o caso da catarata, hoje em dia as cirurgias são muito eficazes e pouco invasivas, sendo ainda o único método para recuperar totalmente a visão. Já o glaucoma, tem procedimentos de acordo com o grau de lesão do nervo óptico, sendo usados colírios e tratamentos com laser, antes de uma cirurgia ser recomendada.

A característica em comum entre as duas doenças é a idade, já que ambas fazem parte do processo de envelhecimento.

Fontes de informações:

www.iobh.com.br/arquivos/entrevista_Uberlandia.doc

http://revistaalgomais.com.br