Diferença entre manteiga e margarina (benefícios e malefícios a saúde)

Diferença entre manteiga e margarina (benefícios e malefícios a saúde)

Foto: Reprodução

É bem comum a confusão entre manteiga e margarina quando se é mais novo. As crianças, principalmente, demoram um tempo para assimilar as diferenças. A preocupação dos adultos – destaque para aqueles que buscam estar numa dieta saudável ou rigorosa  –, fica no “Qual engorda mais?”.

Tanto a margarina quanto a manteiga são produtos bastante consumidos, porém, muita gente usa sem sequer saber os benefícios e os malefícios que ambas apresentam à sua saúde – que não são poucos.

Diferenças básicas

A margarina foi inicialmente criada como uma alternativa barata e acessível da manteiga, mas com o passar dos anos, adquiriu seu “próprio” espaço. As diferenças mais notáveis e conhecidas estão: no cheiro (o da manteiga costuma ser mais forte que o da margarina), na textura (a margarina possui uma textura bem mais firme), na cor e no sabor (a margarina possui um sabor mais suave do que a manteiga). Quanto aos benefícios e os malefícios que elas apresentam à saúde de alguém, já é um pouco mais complexo, principalmente porque uma delas é considerada uma vilã pelos nutricionistas…

Manteiga x Margarina: benefícios e malefícios

  • A manteiga possui níveis altos de colesterol e gorduras saturadas, pois é feita a partir de gordura do leite. Já a margarina possui níveis altos de gorduras insaturadas (as famosas e temidas gorduras trans já estiveram presentes nas margarinas, porém, não estão mais, o problema é que suas outras gorduras ainda possuem malefícios), que podem causar aumento do colesterol ruim e redução do colesterol bom se consumidas em excesso.
  • A manteiga é rica em ômega 6, considerado um ácido graxo essencial para uma boa performance do organismo, combatendo até os altos níveis de glicose no sangue. O ômega 6 possui benefícios que nenhuma margarina pode oferecer ao ser humano (como o combate do colesterol ruim e o auxílio na absorção de alguns nutrientes muito importantes, como as vitaminas A, B, E e K).
  • O organismo “classifica” a gordura da manteiga como natural e é capaz de metaboliza-la, mas não consegue fazer o mesmo com a gordura da margarina.
  • A margarina aumenta o risco do organismo desenvolver doenças coronarianas, aumenta os níveis de glicose facilitando o desenvolvimento de diabetes e também aumenta (em até cinco vezes!) o risco de câncer.
  • Enquanto isso, a manteiga (se consumida sem exageros, já que duas colheres de chá por dia são o suficiente) não compromete dietas e pode fazer bem à saúde.
  • A margarina compromete a flexibilidade das membranas, o que dificulta a transmissão de impulsos nervosos – especialistas acreditam que isso pode estar relacionado com o aumento da incidência de depressão.

Veredicto: Prefira a manteiga e descarte a margarina!

Recomendar:

Comentários

Sobre o autor

Camila Albuquerque

SiteTwitterFacebook