Dicas de como fazer uma reeducação alimentar saudável


Dicas de como fazer uma reeducação alimentar

Foto: Reprodução

Uma reeducação alimentar não serve apenas para perder peso, como muitos pensam. É possível melhorar, e muito, a saúde de todo corpo, com o simples hábito de comer bem. Além disso, é possível evitar também o efeito sanfona. O problema é que muitas pessoas não querem ou têm preguiça de mudar os seus hábitos alimentares.

Durante toda a vida, em especial na infância, nossos pais e pessoas com as quais convivemos nos ensinam, direta ou indiretamente, como devemos comer, que muitas vezes não se trata de alimentos saudáveis. Só quando começamos a ganhar mais idade e nos deparamos com problemas como a hipertensão, sobrepeso e aumento de colesterol ,é que vemos a importância que uma alimentação regrada pode ter para melhorar nossa qualidade de vida.

É nesse ponto que entra a reeducação alimentar, um processo que não consiste apenas  em parar de vez o de comer tudo aquilo que você gostava antes e passar a comer mais frutas, verduras e legumes. Ao contrário! Trata-se de aprender como comer de tudo um pouco, mas de forma equilibrada e consciente.

É recomendado que o processo de reeducação seja feito individualmente e com o acompanhamento de um nutricionista, pois uma determinada recomendação pode ser adequada para uma pessoa e para outra não fazer efeito ou levar à problemas de saúde, como é o caso de diabéticos e hipertensos, que necessitam de uma dieta diferenciada.

Na reeducação alimentar, o indivíduo toma consciência de todos os erros que cometia e acaba compreendendo o que pode ser mudado. Apesar de ser um processo que ocorre de forma gradual, é possível ver resultados realmente satisfatórios na perda de peso e na qualidade de vida. Aos poucos, você percebe um melhor funcionamento do seu organismo.

Entretanto, antes de iniciar qualquer programa de reeducação, é necessário saber de alguns princípios, que funcionam como “regras”, que devem ser seguidas à risca, por pelo menos uma semana antes de começar com sua nova alimentação. Seguindo-as, você já vai perceber uma perda de gordura corporal, que vai te incentivar ainda mais a mudar os seus hábitos alimentares.

Princípios para uma reeducação alimentar

  • Se você come demais, reduza a quantidade de alimentos ingeridos, dividindo em intervalos de 3 em 3 horas.
  • Reduza a quantidade de sal na comida. Com o passar do tempo, você pode ficar hipertenso por conta dele!
  • O ideal é fazer pequenas refeições e várias vezes ao dia, dessa forma, você alimenta-se bem e deixa o seu metabolismo mais rápido, o que auxilia bastante na perda de peso.
  • Quanto mais colorido o prato, mais saudável ele é.
  • Evite ao máximo açúcares e gorduras.
  • Aumente a quantidade de fibras do seu menu, elas auxiliam na digestão e são ótimas para o intestino.
  • Coma mais alimentos ricos nas vitaminas C e E.
  • Procure comer mais peixes, eles possuem muita proteína e são melhores para a saúde do que carne.
  • Prefira massas (pães, bolos, macarrão, tortas,etc), feitas com farinha integral.
  • Reduza os alimentos industrializados, como refrigerantes, salgadinhos e enlatados.