Dicas de como comprar um carro usado


Dicas de como comprar um carro usado

Veja dicas de como comprar um carro usado! | Foto: Reprodução

Comprar um carro usado geralmente sai mais em conta do que comprar um 0km. Entretanto, muitas vezes esse custo benefício pode se tornar nulo, quando não verificamos com cautela o estado em que se encontra o veículo, ou até mesmo sua situação junto aos órgãos de controle, como o DETRAN. Muitos vendedores “espertinhos” estão por aí, tentando passar a perna no primeiro desatento que encontram.

Por conta disso, é preciso verificar muito mais que a quilometragem na hora de comprar um automóvel usado. Para te ajudar com isso, selecionamos os pontos que devem ser analisados com cuidado antes de fechar qualquer negócio, confira logo mais abaixo:

O que verificar na hora de comprar um carro usado?

  • Pintura: verifique com atenção se existe alguma mancha de tinta nos frisos e borrachas, ou alguma diferença na cor da lataria. Se houver, é bem provável que se trata de uma parte que já foi reparada anteriormente devido à amassos ou ferrugem. Quanto mais velho o carro for, mais chance isso tem de aparecer.
  • Carroceria: para verificar mais atentamente se existe algum remendo de massa no carro, passe um ímã (esconda-o com a ajuda de um pano) sob a lata do carro. Nos lugares onde ele não ficar magnetizado, é sinal de que existe massa.
  • Ferrugem: observe se existem bolhas ou áreas desgastadas na pintura, especialmente nas extremidades.
  • Pneus: você só deve aceitar comprá-los se estiverem acima da chamada “meia-vida”.
  • Suspensão: só de ver o desgaste dos pneus dá pra ter uma ideia de como está a situação da suspensão do carro. Mesmo assim, é aconselhável que você leve-o a uma oficina para fazer uma averiguação mais a fundo.
  • Portas: tente fechar todas as portas sem fazer muita força. Caso elas não fechem, pode ser um sinal de que o carro já sofreu batidas.
  • Vidros: observe se possuem número do chassi ou algum tipo de trincado.
  • Painel: teste todos os botões e displays presentes no painel. O velocímetro, por exemplo, é essencial.
  • Chassi: o número do chassi deve ser apresentado nos vidros, no motor e no documento do carro. Caso estejam rasurados ou impossíveis de serem lidos, provavelmente foram adulterados. Preste bem atenção nesse ponto!
  • Motor e Freios: leve a um mecânico e verifique se o motor e fluidos dos freios estão em ordem.

Mais algumas dicas

  • Procure fazer um test drive para testar o conforto e desempenho. Até porque não há nada melhor que testar você mesmo para avaliar se compra ou não.
  • Leve o carro a um mecânico e peça para ele verificar se a ventoinha do motor está funcionando corretamente; se existe sujeira ou oleosidade no líquido de refrigeração; qual a situação do óleo e para fazer um diagnóstico dos tubos, filtro de ar, correias e cabos do motor.
  • Depois de avaliar todos esses pontos, dependendo da situação em que esteja o carro, negocie um valor abaixo do que lhe foi sugerido, alegando os problemas que foram encontrados.