Origem do Dia das Mães


Dia das Mães O Dia das Mães surgiu no início do século XX. A data nasceu por conta de uma americana, Anna Jarvis, que estava sofrendo de uma depressão profunda ocasionada pela recente morte de sua mãe. Para tentar tirá-la desse estado, suas amigas mais próximas realizaram uma linda homenagem à sua mãe, que anteriormente havia trabalhado na Guerra Civil dos Estados Unidos. A festa fez bastante sucesso e começou e começou a virar assunto em todo o país. Após saber disso, o presidente da época, Thomas Woodrow Wilson tornou a data oficial, desejando que aquela homenagem fosse feita à todas as mães do mundo, estando elas vivas ou mortas.

História Antiga

Essa é a história mais comentada a respeito da origem do Dia das Mães, entretanto, há muito tempo que o homem vem homenageando a mulher que lhe pôs no mundo. Os gregos, por exemplo, homenageavam com frequência Reia, a mão de todos os deuses. Na Idade média, também havia um dia chamado “Mothering Day”, que era usado pelos trabalhadores que moravam muito longe. Eles ganhavam esse dia só para visitarem suas mães.

E assim surgiu uma das datas mais importantes em qualquer família. Um dia feito especialmente para a mulher eu nos trouxe ao mundo, que nos educou e que sem ela jamais estaríamos aqui nesse momento.

O Dia das Mães hoje

Dia das Mães
Atualmente, o Dia das Mães é uma data que fortalece bastante o comércio de vários países, por conta da quantidade de presentes que são comprados. Algumas empresas fazem até contratos temporários de funcionários, o que comprova o quanto o movimento aumenta nessa época.

Aqui no Brasil, assim como em vários outros países, a data do Dia das Mães é comemorada no segundo domingo de maio. Esse dia foi instituído em 1918 pela Associação Cristã dos Moços e foi oficializada em 1932 pelo então presidente Getúlio Vargas.

(Atualizado dia 27 de dezembro de 2011)