Curso de redação parte 1



Hands

Há dois dias atrás comecei a ler um livro intitulado “Para Entender o Texto” de Platão e Fiorin. Em um de seus capítulos o autor sugere que você (você não, eu) parafraseie um texto relacionado à “Canção de Exílio” de Gonçalves Dias em verso ou prosa. Então, eis aqui o dito cujo:

Minha terra tem favelas
Onde canta o três oitão
Quem lá pisa fora da linha
Leva chumbo meu irmão!

Gradiente urbano divide a realidade
De um o Murimbi do outro Paraisópolis
No primeiro Silvio Santos
No segundo PCC
Cuidado manu! O próximo pode ser você!

Deus permita que eu sobreviva
Amanhã vai ter esquema
Cano de ferro na cintura
Mas que formosura… (put@! que merda!é melhor parar, acho que o livro num tá funcionando não.)

Por L., Erivelton

FIM! [O esqueleto de Gonçalves Dias deve estar se contorcendo numa hora desta]