Câncer de Bexiga: o que é, causas, sintomas e tratamentos


BexigaA bexiga é um órgão que se encontra na pélvis, que tem como finalidade armazenar a urina produzida pelos rins e possui uma grande capacidade de expansão. Quando se desenvolvem células malignas em seu interior, ocorre o câncer.

Diversos fatores podem causar o câncer de bexiga, tais como:

  • Cigarro: a fumaça do cigarro contém substâncias cancerígenas, que após absorvidas pelos pulmões, entram na corrente sanguínea. Como os rins filtram o sangue de todo o corpo, eles acabam filtrando essas substâncias, que posteriormente são depositadas na urina, que por sua vez, fica depositada na bexiga. Segundo pesquisas, a bexiga de uma pessoa que fuma em média 10 cigarros por dia, fica exposta 100% do tempo a substâncias cancerígenas.
  • Substâncias Tóxicas: a exposição à substâncias tóxicas diariamente, como por exemplo, no trabalho, como solventes e afins.
  • Infecção por Esquistossomose: a esquistossomose produz uma irritação que se torna crônica na bexiga, posteriormente levando ao câncer.

O câncer de bexiga, geralmente não apresenta sintomatologia, porém, poderão aparecer alguns sintomas como:

  • Sangue na urina;
  • Dor ao urinar;
  • Obstrução do canal urinário, ocasionando a incapacidade de urinar.

Tumor na bexiga

O diagnóstico da doença é feito através de exame microscópio da urina a fim de detectar células anormais, através de tomografia computadorizada, citoscopia e através de ecografia abdominal, que permite detectar, localizar e mensurar células anormais no tecido da bexiga. A maioria dos pacientes que desenvolvem o câncer de bexiga é do sexo masculino, têm em média 60 anos de idade e são fumamntes. É mais comum em pessoas de cor branca, porém, quando adquiridas por pessoas negras, o índice de morte é bem maior que nas brancas.

O tratamento para o câncer de bexiga pode ser feito de quatro formas:

1. Quimioterapia;

2. Radioterapia;

3. Cirurgia

4. Terapia Intravesical, que consiste na introdução, por uma sonda de medicamentos quimioterápicos na bexiga.

Fontes de Informação

ABC da Saúde

InfoEscola