Ciclo sexual masculino


Ciclo Sexual do HomemO aparelho reprodutor masculino é  um conjunto de órgãos que possibilitam a reprodução.

Os testículos são duas formações ovóides que ficam alojadas dentro de uma bolsa chamada  escroto e, na adolescência produzem o hormônio testosterona, responsável pelo aparecimento dos caracteres sexuais secundários e também produzem os espermatozóides (espermatogênese), por isso são considerados glândulas mistas. Ficam na parte externa do corpo, o que assegura uma temperatura ideal aos espermatozóides, de 35 o C, quando a temperatura do corpo é de 37º C, normalmente.

No epidídimo, que e uma estrutura que fica nos testículos, os espermatozóides permanecem armazenados até o momento da ejaculação e ali se desenvolvem e amadurecem, o que ocorre em aproximadamente dois meses.

Através do Ducto deferente, que é um prolongamento do epidídimo, os espermatozóides são conduzidos até o Ducto ejaculatório. Este ducto é a junção do Ducto deferente com o ducto  da vesícula seminal. O ducto ejaculatório passa pelo interior da próstata.

A Próstata é a maior das glândulas acessórias e contém enzimas proteolíticas que liquefazem o sêmen.

Ciclo Sexual do Homem

A uretra é um canal de vinte centímetros que inicia na base da bexiga e termina no orifício externo da uretra, na glande do pênis. É um canal comum para a eliminação da urina e para a ejaculação do sêmen.

sêmen é um líquido formado por espermatozóides e fluido seminal, composto por  secreções da próstata e vesículas seminais. Contém  prostaglandinas, hormônios que desencadeiam contrações do útero e tuba uterina e, além disso, anulam a acidez da vagina e possibilitam o movimento dos espermatozóides pelo seu interior.

O pênis é o órgão masculino responsável pelo lançamento dos espermatozóides às vias genitais femininas, possibilitando a fecundação dos óvulos.

Podemos sintetizar a atividade sexual masculina assim:

Com a excitação, o desejo sexual, uma série de fenômenos vasculares propiciam uma congestão sanguínea dos tecidos eréteis do pênis, tornando-o rijo, ereto, isso é a EREÇÃO.

Com a continuidade da excitação e através de vários fenômenos sensoriais, há  contrações do epidídimo, canais deferentes,etc. A uretra se enche de líquido que contém milhões de espermatozóides, a seguir ocorrendo a ejaculação, quando uma quantidade entre 3,5 e 5ml de sêmen é expelida. Essa quantidade de sêmen contem  de 200 a 400 milhões de espermatozóides.

Fontes de Informações

webartigos.com

slideshare.net

grupoescolar.com